Renault descarta fazer proposta para atrair Newey

compartilhar
comentários
Renault descarta fazer proposta para atrair Newey
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Co-autor: Benjamin Vinel
28 de jun de 2018 11:13

A Renault descartou o rumor de que está tentando tirar Adrian Newey da Red Bull para contratar o projetista no futuro.

Cyril Abiteboul, Renault Sport F1 Managing Director
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Adrian Newey, Red Bull Racing
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14, battles with Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Paul Monaghan, Red Bull Racing Chief Engineer, Remi Taffin, Head of Renault Sport F1 Track Operation
Cyril Abiteboul, Managing Director, Renault Sport F1 Team

Newey ainda tem mais um ano de contrato com a Red Bull, mas rumores surgiram no GP de Mônaco que a Renault estava considerando uma tentativa de persuadi-lo.

Contudo, o diretor esportivo da Renault, Cyril Abiteboul, insiste que a equipe está mais do que feliz com sua atual composição técnica, sendo que ele não acredita que Newey irá se comprometer com outra equipe.

Questionado pelo Motorsport.com se a Renault estava interessada em Newey, Abiteboul disse de forma clara: “Não.”

“Tenho um enorme respeito a Adrian pelo que ele fez e continua fazendo. Não acho que ele ficará sem contrato – em vez disso, acho que ele está extremamente comprometido com a Red Bull e Aston Martin em uma série de projetos.”

Leia também:

“Por outro lado, temos uma forte, estável estrutura, na qual confio completamente. Bob [Bell], Marcin Budkowski, que se juntou a nós e que está fazendo o gerenciamento global de Enstone, Nick Chester, Rob White... É isso. Acho que temos a estrutura certa para fazer o trabalho, de longe. Agora, precisamos fazer isso funcionar.”

A Renault passou por uma enorme reestruturação nos últimos três anos após a fabricante francesa retornar à F1 como equipe oficial.

O número de funcionários subiu de menos de 475 para 650, e Abiteboul acredita que fazer a estrutura funcionar da melhor forma possível é fundamental para obter progresso na pista.

“Há um grande trabalho para organizar essas contratações – não apenas em termos financeiros”, disse. “Você precisa cuidar disso, identificar as necessidades, contratar pessoas, escolhê-las, integrá-las, garantir que o grupo continue trabalhando bem junto. É uma enorme tarefa.”

“Eu frequentemente explico que parte do que fazermos agora, além do que temos de fazer na pista, não é uma frase. É a realidade.”

“Passamos muito tempo construindo a equipe no momento. Era a meta de Bob Bell em particular – ele estava afastado dos trabalhos do dia a dia, do design do chassi, que é, na verdade, responsabilidade de Nick Chester.”

“De qualquer forma, no fim de 2018, chegaremos ao fim do plano inicial de três anos, entre 2016 e 2018. Estaremos alinhados com nossas metas, tanto para construir a equipe quanto em termos esportivos.”

“Agora, estou perfeitamente ciente de que ainda estamos 1s atrás do ritmo das equipes de ponta. A pergunta que temos de fazer é: qual é o plano para os próximos três anos, de 2019 a 2021, para que, em 2021, estejamos com meta de lutar pelo título?”

Próxima Fórmula 1 matéria
Red Bull teve que “estabilizar” Verstappen, diz Helmut Marko

Previous article

Red Bull teve que “estabilizar” Verstappen, diz Helmut Marko

Next article

Ricciardo fica próximo de assinar renovação com a Red Bull

Ricciardo fica próximo de assinar renovação com a Red Bull

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias