Renault diz que apoiaria teto de gastos na F1

compartilhar
comentários
Renault diz que apoiaria teto de gastos na F1
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
13 de mar de 2018 14:23

Equipe acha importante que haja redução nas despesas, e, portanto, concordaria com medidas para isso

Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS18
Renault Sport F1 Team RS18 nose
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS18

A Renault apoiaria um teto de gastos da F1 caso esta seja a melhor forma de reduzir as despesas das equipes, afirmou o chefe técnico da fabricante, Bob Bell.

Os chefes da F1 estão dispostos a abordar a disparidade de lucros e custos das equipes, o que tem grande impacto na relação de forças desigual do grid.

O teto de gastos é uma possibilidade, enquanto que a padronização de peças pode ser uma outra forma de reduzir os orçamentos.

Bell disse: “A Renault é a favor da redução da quantidade de dinheiro que é necessária para chegar à F1 e ser bem sucedido.”

“No momento, a disparidade de gastos entre as equipes, de lucros e despesas, é enorme. Não deveria custar tanto para ter sucesso na F1.”

“Precisamos encontrar formas de baixar os custos e equilibrar o pelotão. Apoiamos absolutamente iniciativas como essas. Se for o teto de gastos, toparemos.”

“Se for uma revisão das regras, também apoiaremos. Eu não Eu não consigo imaginar que haja alguém que voluntariamente iria querer gastar mais dinheiro.”

Antes da chegada da Haas, as três equipes que entraram na F1 (Virgin, Lotus e HRT) faliram mais tarde apesar dos vários investimentos.

Suas entradas na F1 foram motivadas pelo antigo comprometimento da F1 com um teto de gastos, o que foi abandonado posteriormente.

“Sendo realista, a F1 precisa se colocar em tal ponto em que qualquer equipe no grid possa sustentar sua situação e não permanecer perdendo dinheiro”, disse Bell.

“Pegue uma equipe como a Force India. Eles se mantiveram vivos nos últimos anos por ter Vijay [Mallya, chefe do time] colocando dinheiro. A Manor só sobreviveu porque o dono estava colocando dinheiro. É preciso chegar a um ponto em que todas as equipes possam ser autossuficientes com o dinheiro que são capazes de gerar.”

Próxima Fórmula 1 matéria

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias