Renault diz que tem "forte progresso" com carro de 2019

compartilhar
comentários
Renault diz que tem
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
16 de nov de 2018 20:22

Diretor técnico da Renault, Nick Chester disse que fabricante francês está fazendo "um forte progresso" com seu equipamento de 2019

A próxima temporada será a quarta da Renault desde que voltou à F1 como equipe e assinou contrato com Daniel Ricciardo, da Red Bull, na busca de um próximo passo.

A Renault está pronta para conquistar o quarto lugar no campeonato de construtores em Abu Dhabi, mas deixou claro que seria "ridículo" sugerir que pode tirar a diferença significativa para a Mercedes, Ferrari e Red Bull no próximo ano.

O diretor técnico da Renault, Nick Chester disse: "Há muita coisa acontecendo com o carro de 2019 e estamos bem avançados em fazer o primeiro chassi.”

"Temos a caixa de câmbio, que será testada em breve. Estamos finalizando o projeto de peças como refrigeração, suspensão e carenagem.”

"É fácil nesta época do ano, já que temos que passar por muitos desenhos para fazer o carro. Estamos bem ocupados e fazendo um grande progresso."

A Renault tem uma vantagem de 24 pontos sobre a Haas na luta pelo quarto lugar, depois de ter superado uma queda na performance no segundo semestre do ano.

Chester está esperançoso de que a equipe possa terminar o ano de forma enfática, além de preservar um forte recorde de confiabilidade no lado do chassi.

"Queremos ter uma boa corrida final e ampliar a diferença de pontos em quarto para trazer essa conquista para casa", disse ele.

"Também tivemos um resultado muito bom este ano, onde não paramos o carro em uma corrida por uma falha no chassi.”

"Seríamos o único time a ter feito isso, então trazer os dois carros para casa em Abu Dhabi terminaria bem esta temporada."

Depois de ser o “melhor do resto” nos Estados Unidos e no México, a Renault não conseguiu marcar nenhum pinto no Brasil na semana passada.

O diretor executivo, Cyril Abiteboul, quer ver uma resposta a esse "desempenho decepcionante".

"Nós vamos nos recompor e nos concentraremos totalmente na tarefa que temos pela frente", disse ele.

"Esta corrida final da temporada é muito importante para o time.”

"Ainda há um trabalho a ser feito em Abu Dhabi e esperamos terminar a temporada com os dois carros competitivos e dentro dos dez primeiros."

Next article
Ticktum quer resolver questão “irritante” de superlicença

Previous article

Ticktum quer resolver questão “irritante” de superlicença

Next article

Ricciardo: “Meu azar vai se dissolver após o fim de 2018”

Ricciardo: “Meu azar vai se dissolver após o fim de 2018”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Scott Mitchell