Renault entra com protesto sobre carro de Grosjean

compartilhar
comentários
Renault entra com protesto sobre carro de Grosjean
Por: Scott Mitchell
2 de set de 2018 16:46

Equipe protestou contra carro da Haas, após GP da Itália, alegando irregularidade no assoalho

Romain Grosjean terminou o GP da Itália em sexto, um resultado que fez a Haas igualar a Renault em pontos na quarta posição no campeonato de construtores.

A Renault marcou dois pontos pelo nono lugar de Carlos Sainz, mas ficou atrás de seu rival norte-americano.

A FIA convocou um representante de ambas as equipes por causa de um "protesto da Renault Sport Formula One Team contra o carro 8 [Grosjean]".

Um comunicado da Renault afirmava: "Confirmamos que a Renault submeteu um pedido aos Comissários do Evento para esclarecimentos sobre a legalidade do carro da Haas F1 Team VF-18.”

"Não temos mais comentários sobre este assunto até que os comissários tenham chegado a uma decisão."

O diretor de corridas da F1, Charlie Whiting, disse à imprensa que o protesto é sobre "um pequeno detalhe na ponta do assoalho" do VF-18.

O chefe da Haas, Gunther Steiner, disse que o protesto o pegou "de surpresa".

"Eu não sei", disse ele quando perguntado pelo Motorsport.com sobre o que se tratava. “Eu vi o protesto. Tudo bem, vamos ouvi-lo e depois vemos o que fazemos.”

"Eu não sei o que eles querem. Isso nos pegou de surpresa.”

Leia também:

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Verstappen discorda de punição sofrida em Monza

Previous article

Verstappen discorda de punição sofrida em Monza

Next article

Alonso: McLaren “andou para trás” em confiabilidade

Alonso: McLaren “andou para trás” em confiabilidade
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias