Renault mira desafiar Red Bull e McLaren em 2019

compartilhar
comentários
Renault mira desafiar Red Bull e McLaren em 2019
Por: Ben Anderson
12 de fev de 2018 10:34

Chefe da equipe francesa, Cyril Abiteboul espera ver sua organização mais próxima de suas clientes, mas aponta para diferenças de estrutura

Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal and Cyril Abiteboul, Renault Sport F1 Managing Dire
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS17 and Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS17, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS17

A equipe Renault quer ter condições de desafiar as clientes McLaren e Red Bull em 2019, já que a fabricante francesa segue de olho no objetivo final de se tornar campeã mundial novamente.

A Renault saltou do nono para o sexto lugar no Mundial de Construtores em 2017, mas acabou mais de 300 pontos atrás da Red Bull, que venceu três corridas e anotou 13 pódios.

Enquanto isso, os melhores resultados da Renault foram cinco sextos lugares.

O chassi da Renault melhorou dramaticamente durante a temporada, terminando com o quarto mais rápido. Contudo, a performance da Red Bull expôs um déficit significativo, e a McLaren também espera superar a Renault depois de se livrar do motor Honda.

Chefe da merca francesa na F1, Cyril Abiteboul espera que suas equipes clientes estejam à frente nesta temporada, mas quer reduzir a diferença ao longo do ano e zerá-la na temporada seguinte.

“Sabemos que temos um déficit substancial para a Red Bull em termos de chassis, em termos de aerodinâmica e de plataforma mecânica”, disse Abiteboul ao Motorsport.com.

“Conhecemos a Red Bull muito bem e é uma referência fantástica. Acho que eles têm um dos melhores chassis, senão o melhor chassi do momento. Vamos ver o que eles trarão.”

“A McLaren é um pouco mais desconhecida, porque eles possuem um chassi diferente e um motor diferente, diferentes pilotos, então é muito difícil comparar. Será uma referência interessante.”

“Acho que, em termos de capacidades gerais, durante o ano estaremos aptos a estarmos em situação parelha.”

“Tendo dito isso, eles são organizações muito estáveis, muito bem estruturadas, muito bem organizadas. Nós ainda estamos progredindo. Estamos ainda crescendo e ainda no processo de construir nossa própria equipe.”

“Acho que não conseguiremos desafiá-los totalmente antes de 2019, mesmo que eu gostasse de ver uma diferença muito pequena entre eles e nós durante o ano.”

Quando perguntado o que significava a Renault mirar um quinto lugar no mínimo em 2018, Abiteboul respondeu: “Nós confirmaremos nossa meta quando apresentarmos nosso carro, mas claramente deve ir nessa direção.” 

Next article
FIA diz “acompanhar de perto” aeroscreen da Indy

Previous article

FIA diz “acompanhar de perto” aeroscreen da Indy

Next article

McLaren confirma que Alonso estreia nova McLaren nos testes

McLaren confirma que Alonso estreia nova McLaren nos testes
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Ben Anderson