Renault mira em ganho de potência com novo combustível

compartilhar
comentários
Renault mira em ganho de potência com novo combustível
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
4 de mai de 2018 16:28

Time francês terá novidade para GP da Espanha vinda de sua fornecedora de combustível, a BP/Castrol

Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18

A Renault espera que seu motor da Fórmula 1 ganhe desempenho a partir do GP da Espanha, graças a um upgrade de sua fornecedora de combustível, a BP. A equipe de fábrica e a McLaren terão acesso a novos combustíveis em Barcelona, mas a Red Bull, outro cliente da Renault, não o terá.

A Red Bull é a única equipe cliente da F1 que não usa o mesmo fornecedor de combustível e óleo do que sua parceira de motores, tendo optado pela ExxonMobil em vez da BP/Castrol.

O desempenho do motor da Renault ainda é menor do que o da Mercedes e o da Ferrari, e uma atualização importante não é esperada até a planejada para o GP do Canadá, em junho.

No entanto, o time está antecipando um ganho de desempenho com uma atualização da BP para a Espanha, visando uma melhoria na eficiência e na potência.

"O início da temporada europeia precisa agora de uma consolidação desse desempenho", disse Cyril Abiteboul, diretor da Renault Sport.

"Nós seremos ajudados na Espanha por um passo no lado do motor, com combustível novo e alguns ajustes de aerodinâmica para refletir as características da pista. Esperamos que isso seja um passo à frente, mas também reconhecemos que muitas outras equipes trarão pacotes de atualização também. Barcelona é bem conhecida de todos."

A Renault introduziu novas asas dianteira e traseira para a última corrida em Baku, bem como novos bargeboards.

Isso foi parcialmente específico para as exigências do circuito de alta velocidade nas ruas de Baku, mas o diretor técnico, Bob Bell, disse que isso também significa que o pacote da Renault para o GP da Espanha será menos substancial.

"Tradicionalmente, Barcelona tem sido onde todas as equipes trazem melhorias, geralmente uma grande atualização aerodinâmica", disse ele.

"Neste ano, o primeiro grande pacote de atualização aerodinâmica foi em Baku. Em Barcelona, ​​teremos menos novos elementos.”

"Para as próximas corridas, temos upgrades para cada uma delas. Alguns pequenos, outros maiores."

Próxima Fórmula 1 matéria
Force India: Perez é o piloto mais subestimado da Fórmula 1

Previous article

Force India: Perez é o piloto mais subestimado da Fórmula 1

Next article

Mercedes não considera pilotos de times rivais para 2019

Mercedes não considera pilotos de times rivais para 2019
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias