Renault mostra seu motor turbo V6 para 2014; Ouça som

Fábrica francesa já confirmou que cederá motores à Red Bull, Toro Rosso e Caterham na próxima temporada

Novo motor Energy F1

A Renault mostrou hoje em Paris seu motor para a nova Era Turbo da F-1. A empresa o nomeou o propulsor de Energy F1, deixando de lado a nomenclatura atual , o “RS”.

O tetracampeão da F-1, Alain Prost, embaixador da Renault, disse: “A partir de 2014 vamos trazer os motores à tona e restabelecer o equilíbrio na F-1.”

“O motor é o coração do carro, nos próximos anos se tornará o coração do esporte.”

A fabricante francesa já tem acordos para fornecer motores à Red Bull e Caterham para o ano que vem. Além delas, a Toro Rosso, atualmente correndo com Ferrari, também utilizará o novo Energy F1.

A Williams, que utiliza atualmente o motor Renault, usará Mercedes no ano que vem, enquanto a Lotus (ex-time da Renault) ainda não firmou contrato com a montadora.

O motor 1.6 L terá seis cilindros em V e será turbo. O motor está limitado a 15.000 rpm e o consumo de combustível para a corrida inteira está limitado para 100kg apenas. A montadora diz que a unidade deverá pesar cerca de 155 kg, no lugar dos 95 kg dos motores atuais.

O motor deverá produzir 600 cavalos de potência somados aos sistemas de recuperação de energia (KERS e ERS-H) que deverão chegar a dar por volta de 160 cavalos.

Confira o som do novo propulsor:

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias