Renault pega Ocon emprestado da Mercedes para ser 3º piloto

Diretor da equipe diz que acordo funciona como em empréstimos de jogadores de futebol

A Renault revelou que seu terceiro piloto Esteban Ocon continua sob contrato com a Mercedes, e que o jovem francês está "emprestado" pela fabricante alemã.

Campeão da GP3, Ocon foi apresentado ao lado dos pilotos titulares da Renault Kevin Magnussen e Jolyon Palmer no lançamento do carro de Fórmula 1 da fabricante francesa, em Paris, na quarta-feira.

No entanto, Ocon passou 2015 como piloto reserva da Mercedes na DTM enquanto mantinha seu compromisso na GP3 com ART Grand Prix, e em novembro foi anunciado que ele continuaria com um papel de júnior não especificado.

Falando no lançamento em Paris, o diretor Cyril Abiteboul confirmou que o piloto de 19 anos está apenas "emprestado" pela Mercedes.

Abiteboul disse: "Esteban é uma grande novidade para nós neste ano, e estamos muito animados por estarmos participando de seu desenvolvimento".

"Por enquanto ele está em uma base de empréstimo, como acontece no futebol. E, em seguida, quem sabe?"

O recém-empossado diretor esportivo da Renault, Frederic Vasseur, trabalhou com Ocon na ART. Para ele, o francês não teria sido considerado para o papel de terceiro piloto sem ser um candidato para uma vaga principal no futuro.

"Se eu estava pensando que ele não é potencial candidato (para um futuro na F1), não faria nenhum sentido para mim pedir-lhe para mudar de equipe", disse Vasseur.

"Eu conheço Esteban por um longo tempo, e ele tem um bom espírito de equipe"

A Mercedes ainda tem de anunciar a sua equipe de DTM, mas com a chance de Pascal Wehrlein ir para a Manor tendo recentemente aumentado, Ocon ainda pode combinar seus deveres na Renault com uma unidade de corrida na categoria.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1 , DTM
Pilotos Esteban Ocon
Equipes Renault F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias