Renault poupa pneus com objetivo de ter prova sólida no domingo

Heidfeld vai ao Q3, mas sequer marca tempo para economizar um jogo de compostos macios; Petrov é o 11º

Petrov em Valência

Em sua luta para permanecer sempre entre os dez primeiros, a Renault teve a "intromissão" de Adrian Sutil na quinta fila do grid, mas está confiante em uma boa corrida por conta da economia de pneus.

Nick Heidfeld sai em nono e preferiu sequer completar uma volta no Q3, uma vez que o alemão da Force India faria o mesmo. Uma posição atrás de Sutil, Vitaly Petrov também conseguiu salvar um jogo e admitiu que faltou velocidade para entrar na fase final.
 
"Meu Q1 não foi bom, pois planejei uma volta apenas, para salvar pneus. Infelizmente, peguei tráfego e tive de dar mais voltas. O Q2 foi OK, mas sabíamos que precisávamos melhorar, então fizemos outra volta. Quando vi que o Sutil não entraria na pista, voltei aos boxes para salvar pneus. Almejávamos mais, mas foi o que conseguimos e esperamos uma corrida forte amanhã", analisa Heidfeld.
 
"A diferença entre eu e o décimo era muito pequena, mas isso é corrida. Não tivemos problemas, apenas faltou velocidade e vamos tentar o máximo amanhã. Será uma prova longa e não será fácil com esse calor. Aqui, dependerá de quem conseguir conservar os pneus traseiros", completa Petrov.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Nick Heidfeld , Vitaly Petrov
Tipo de artigo Últimas notícias