Renault promete motor "exatamente igual" para Red Bull

Mesmo tendo o nome da fabricante de relógios TAG Heuer, franceses afirmam que não haverá diferenças com o utilizado pela própria equipe em 2016

Durante o evento de lançamento do novo carro da Renault, uma promessa importante foi feita pela cúpula da escuderia: a de que sua cliente, a Red Bull, terá a disposição a mesma unidade de potência que a nova equipe vai utilizar em 2016.

É o que garantiu Cyril Abiteboul, diretor da equipe.

"Exatamente o mesmo. Na verdade nós temos a obrigação pelo regulamento de fornecer o mesmo equipamento", disse o dirigente.

"Em termos de continuidade, não muda nada, mesmo com a unidade recebendo uma marca."

Além disso, Abiteboul garantiu que as atualizações serão as mesmas.

"A filosofia da Renault e a obrigação que o regulamento traz, é dar exatamente o mesmo equipamento. E se tivermos atualizações, eles terão também."

"A responsabilidade é nossa. Vamos desenhar e especificar um motor e eles vão receber exatamente o mesmo."

Acordo maior

Embora o contrato atual da Red Bull dure apenas mais um ano, Abiteboul admitiu que não descarta estendê-lo, caso a equipe esteja interessada.

"O contrato poderá ir mais longe. Sempre dissemos que iríamos continuar fornecendo motores para a Red Bull ou qualquer outra equipe, se for de nosso interesse estratégico."

Ele também sugeriu que a fabricante francesa também poderá suprir outra escuderia no futuro.

"Se nós temos uma boa tecnologia, então tenho certeza de que as equipes vão se interessar por aquilo que temos a oferecer. Foi como quando tínhamos o V8, todos queriam ter o motor Renault."

Relatórios adicionais por Jonathan Noble

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing , Renault F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias