Retorno do México ao calendário da F-1 empolga Gutierrez

"É uma das melhores notícias da minha carreira", afirma o piloto da casa após confirmação de GP em 2015

O mexicano Esteban Gutierrez disse que a confirmação do retorno de seu país ao calendário da Fórmula 1 ano que vem é uma das “melhores notícias” da sua carreira. O México não recebe uma corrida há mais de duas décadas.

[publicidade] “É um sonho que se tornou realidade para muitos de nós”, disse o piloto de 23 anos. “Um GP no México seria a experiência mais fantástica para mim – correr diante do meu povo. O México tem uma história longa na Fórmula 1, então o fascínio ainda está nos genes das pessoas.”

Gutierrez é, junto de Sergio Perez, um dos dois representantes mexicanos do atual grid. “Eu tive a chance de correr uma vez no México, em 2008, quando fizemos as finais da Fórmula BMW, e foi uma grande experiência. Acho que foi uma introdução do que pode vir a ser.”

Mesmo há 22 anos longe do calendário, os mexicanos seguem apaixonados pelo esporte: quando Perez fez uma demonstração em Guadalajara em 2011, foi assistido por entre 150 e 200 mil pessoas. A prova da Fórmula 1, no entanto, será no Autodromo Hermanos Rodriguez, na Cidade do México, com capacidade para 150 mil pessoas.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias