Ricciardo admite erro, mas revela aprendizado com acidente desta sexta

Australiano bateu forte no começo do segundo treino. Vettel ficou em quinto e torce pela chuva

Daniel Ricciardo liderava a segunda sessão de treinos nesta sexta-feira em Suzuka, quando perdeu o controle do carro na última chicane e acertou o muro. O australiano ficou ainda com o 10º tempo, mesmo sem voltar à pista, e admitiu o erro.

“Eu cometi um erro no FP2. Fiz uma volta rápida e, então, estava tentando conseguir uma boa saída para começar a próxima. Estávamos tentando resfriar os pneus e houve uma bandeira amarela. Tentei ir devagar para evitá-la até o início da volta, mas acho que os pneus esfriaram demais e eu acelerei demais para esta condição e perdi o carro”, disse Ricciardo.

[publicidade] “É claro que não foi o que eu queria, mas vou aprender com isto. Não é o ideal, perdemos a chance de correr durante a tarde, mas Sebastian fez uma sessão completa, por isso vamos ser capazes de ver os seus dados. Os Mercedes foram muito rápidos hoje, mas acho que estamos logo atrás”, completou.

Sebastian Vettel foi o quinto no treino da tarde, quase 1 segundo e meio atrás de Lewis Hamilton. "Eu acho que nós definitivamente podemos fazer melhor do que quinto, mas bateremos o limite quando chegarmos ao terceiro! Mercedes parece ser muito rápida por aqui. Seria bom desafiá-los na corrida, quem sabe, se chover. Mas, caso contrário, nossa briga será contra Williams e McLaren, que parecem mais fortes aqui, e Ferrari", definiu o tetracampeão.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias