Ricciardo celebra treino físico "divertido" para carros de 2017

Daniel Ricciardo diz que treinos mais duros para suportar as forças que os carros deste ano vão gerar tem sido mais agradáveis do que o treinamento para os carros nas regras em vigor até a temporada passada

Com carros previstos para serem cerca de cinco segundos por volta mais rápidos do que os de 2015, a Fórmula 1 pede pilotos mais fortes em 2017.

Tal demanda exige um treinamento físico diferente do que vinha sendo feito desde o início da era híbrida. A exigência por mais força física agrada a Daniel Ricciardo, que revela estar se divertindo mais com a preparação física para esta temporada.

"Para mim, tem sido mais divertido, pois temos feito mais treinos buscando força", disse Ricciardo. Eu gosto disso. Nos últimos anos, estávamos treinando para manter o baixo peso. Treinos de longa duração, mas nada de alta intensidade e ganho de massa muscular."

"De certa forma, o treinamento que vínhamos fazendo era meio chato. Creio que agora podemos forçar mais, para ganhar músculos. Será desafiador, mas mais compensador", afirmou.

O australiano admitiu que a parte final da temporada passada foi difícil em termos físicos após mais de 20 corridas. Pensando nisso, Ricciardo vê como positivo que os testes comecem apenas no final de fevereiro.

"De certa forma, é bom que os testes demorem a começar. Isso nos dá mais tempo para treinarmos apropriadamente", destacou.

"É algo que, em uma longa temporada, com muitas corridas, você não tem tempo de fazer. O máximo é treinar em um dia ou outro, é praticamente impossível conseguir uma semana completa de treinos."

"Estou bastante empolgado por ter quase dois meses de treinos fora do carro antes dos testes. Creio que ter esse período sem interrupções será muito bom", completou.

 

Reportagem adicional por Jonathan Noble

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias