Ricciardo coloca Toro Rosso à frente das duas Red Bulls

Australiano põe pouco mais de nove décimos no companheiro Vergne e abre a quarta fila do grid chinês

Ricciardo conseguiu seu melhor grid do ano

Daniel Ricciardo foi a grande surpresa do treino classificatório de hoje. Sem dar a entender que poderia fazer muito, o piloto da Toro Rosso fez um tempo 0.9s mais rápido que o companheiro Vergne no Q2. Depois, o piloto se beneficiou da tática de Button, Vettel e Hülkenberg, de não fazer voltas rápidas no Q3, e foi o sétimo colocado.

“É legal ir ao Q3. É a primeira vez desde o Bahrein no ano passado que fico no Top 10”, lembrou, quando conseguiu seu melhor grid da carreira, o sexto.

“Estou focado em aproveitar o máximo desta sétima posição.  Acho que será uma corrida emocionante. Todos esperaram até o último minuto para sair para o Q3, pensando em ter pneus para amanhã. Os macios não foram nem um pouco bem na sexta-feira em 'long runs'”, falou também.

Já Vergne, saindo de 15º após a punição a Webber, não teve tantos motivos para comemorar. “Foi desapontador, porque tive bom ritmo desde a sexta-feira. Algo não esteve bom no carro nesta tarde”, lamentou o francês.

“Entretanto, acredito que podemos melhorar amanhã. Vendo onde meu companheiro se classificou, é um sinal positivo para amanhã, porque o carro está claramente indo bem.

“A situação dos pneus é complicada, e temos de ver como vamos usá-los. Uma boa estratégia será o grande fator amanhã à tarde”, finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias