Ricciardo destaca dificuldades com pneus ultramacios

compartilhar
comentários
Ricciardo destaca dificuldades com pneus ultramacios
Glenn Freeman
Por: Glenn Freeman
13 de abr de 2018 10:36

Australiano diz que não se encontrou com os compostos mais macios na China e indica que estratégia para a corrida poderá ser focar nos macios e médios

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 sparks
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 sparks
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing

Daniel Ricciardo disse que não está feliz com sua Red Bull em condições de classificação depois do primeiro dia de treinos para o GP da China de F1.

O australiano terminou a segunda sessão do dia somente na nona posição, 1s atrás do líder, sendo que ele não conseguiu ganhar tempo quando calçou os ultramacios para a simulação de classificação. 

“Eu sofri com os ultramacios no trecho de classificação”, disse Ricciardo. “Nesta manhã e nesta tarde, não conseguimos ganhar muito tempo com eles.”

“Eu não encontrei um bom equilíbrio com eles. Fomos 0s2 mais velozes com os macios, e trata-se de um composto dois degraus mais macio, então sofremos para tirar uma volta deles.”

“Usamos aqueles pneus por duas vezes hoje e, em ambas as vezes, não fiquei feliz. Em simulação de corrida conseguimos administrá-los um pouco melhor, mas não conseguimos tirar muito com pouco combustível.”

“O ultramacio é difícil. Eu sofri para tirar aderência deles. Sinto que, depois do primeiro setor, eu já havia acabado com os pneus, e o tempo de volta não melhorou depois de três ou quatro curvas.”

“É um circuito dominado pela parte da frente do carro, então você sofre muito com os pneus da frente. Mas, hoje, a traseira também não esteve tão fácil.”

Enquanto Ricciardo espera que a Red Bull consiga melhorar seu carro para a classificação até amanhã, ele admitiu que a estratégia poderia ser evitar usar o ultramacio o quanto for possível.

“Não acho que seja um desastre. Sequer sei se usaremos os ultramacios por tanto tempo assim na corrida, mas queremos encontrar mais tempo de volta com ele”, acrescentou.

“Não é segredo que algumas pessoas pensam na classificação com os macios, que não é um pneu ruim para cá.”

“O ultramacio não parece durar muito, então podemos ver alguns pneus amarelos [os macios] no Q2 [fase que determina os pneus com os quais os pilotos do top 10 largam na corrida de domingo].”

“Com os macios e os médios somos mais competitivos. Estamos melhor com esses pneus, o que pode nos levar para certa direção para a corrida.”

“Metade da manhã e metade da tarde foram boas. Com os pneus mais duros, fiquei mais confortável.”

“Não acho que estamos tão mal assim. Faremos alguns ajustes e estaremos mais fortes amanhã.”

Reportagem adicional de Edd Straw 

Próxima Fórmula 1 matéria

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da China
Localização Shanghai International Circuit
Pilotos Daniel Ricciardo
Equipes Red Bull Racing
Autor Glenn Freeman
Tipo de matéria Últimas notícias