Ricciardo deve ter punição em Monza ao estrear novo motor

compartilhar
comentários
Ricciardo deve ter punição em Monza ao estrear novo motor
27 de ago de 2018 15:26

Daniel Ricciardo terá de receber punições no grid de largada em Monza, no próximo fim de semana, quando se tornará o primeiro piloto a utilizar o novo motor da Renault de especificação C.

O australiano já sabia há algumas semanas que as punições seriam inevitáveis, e a Red Bull escolheu que isso acontecesse em Monza para coincidir com a disponibilidade da novidade.

Caso o motor de especificação C funcione bem no carro de Ricciardo, Max Verstappen também receberá novos elementos da unidade de potência no mesmo fim de semana.

Ainda não está claro quais elementos o holandês teria, mas ele pode usar um novo V6 e um novo MGU-H sem punição. Outras alterações também mandariam Verstappen para o fundo do grid.

A equipe de fábrica da Renault optou por não usar a especificação mais recente, e Nico Hulkenberg e Carlos Sainz adotaram novos motores da especificação B em Spa-Francorchamps.

O chefe da Renault, Cyril Abiteboul, admitiu que havia riscos de confiabilidade associados à especificação C, e disse que a equipe de Enstone não pode se dar ao luxo de assumi-los, já que tenta se manter no quarto lugar no Mundial de Construtores.

Contudo, a Red Bull tem menos a perder e está disposta a arriscar na tentativa de encontrar mais performance.

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing

Photo by: Sam Bloxham / LAT Images

“Daniel receberá punições na próxima corrida, já que ele está destinado a trocar o motor”, disse Christian Horner ao Motorsport.com.

“Há um custo significativo que vem com a integração do motor ao carro por causa do resfriamento, etc, então, se há alguma performance, o que parece que há com nosso parceiro de combustível, estamos felizes em assumir o risco.”

“Usaremos o motor na sexta-feira, e aí tomaremos uma decisão à noite para definir se vamos mantê-lo.”

“Se estiver bom no carro de Daniel, Max também terá no sábado. Ele também deverá trocar o motor em Monza, então decidiremos na sexta-feira à noite quais motores os pilotos usarão na corrida.”

Horner admite que Monza será uma corrida dura mesmo com o novo motor, mas espera que a especificação C tenha um impacto nas corridas finais.

“Se há um pouco de performance, não estamos tão preocupados com Monza. Mas algumas das corrida a seguir, como Cingapura, México, são corridas que representam oportunidades para dificultar um pouco a vida de Mercedes e Ferrari.”

“Se pudermos ganhar algo, claro que procuraremos cada décimo de segundo que pudermos.”

A McLaren não tem planos de usar o motor de especificação C, já que seriam necessárias mudanças significativas no chassi para instalá-lo.

Próxima Fórmula 1 matéria
Massa critica falta de segurança na Indy: “inacreditável”

Previous article

Massa critica falta de segurança na Indy: “inacreditável”

Next article

Force India perde lugar no Grupo Estratégico da F1

Force India perde lugar no Grupo Estratégico da F1
Load comments