Ricciardo mostra frustração com desentendimento entre Red Bull e Renault

Piloto diz que a equipe tem que focar no final de semana, se quiser ter um desempenho maior do que foi na Austrália

Após uma semana de guerra fria entre a Red Bull e a Renault, foi a vez de Daniel Ricciardo comentar a situação entre o time e a montadora. O piloto diz que há uma tensão no ar, mas pede para a equipe focar no final de semana, para que eles possam ser competitivos.

[publicidade]Em entrevista, o australiano da Red Bull falou sobre as expectativas sobre o GP da Malásia e inevitavelmente falou sobre o recente desentendimento entre a marca francesa que fornece motores para a equipe e os diretores: “Obviamente, algumas coisas foram ditas e há um pouco de tensão. Há um pouco de frustração dentro da equipe, inclusive de mim. Somos todos muito competitivos", explicou.

Com um sexto lugar em Melbourne, Daniel comenta sobre o possível motivo de onde tenha partido a troca de farpas entre Renault e Red Bull: “Eles querem ser melhor do que um sexto lugar. Embora que nós tivemos apenas uma corrida, a equipe queria começar a temporada melhor do que começamos. Mas temos que ser construtivos com as críticas, particularmente agora em um fim de semana de corrida”, disse.

Ricciardo ainda admite que a equipe se acomodou um pouco, depois anos sendo a melhor: “"Eu acho que é o acontece depois de quatro anos ganhando. É difícil estar longe das primeiras colocações, mas acredito que vamos voltar pra lá. Sabemos que vai demorar um pouco, porque estamos muito longe das primeiras posições, mas temos que melhorar”, finaliza.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias