Ricciardo revela estratégia de duas paradas para GP da China

compartilhar
comentários
Ricciardo revela estratégia de duas paradas para GP da China
Giacomo Rauli
Por: Giacomo Rauli
Traduzido por: Daniel Betting
14 de abr de 2018 20:31

Depois dos problemas que Daniel Ricciardo sofreu durante o terceiro treino livre do GP da China, o piloto da Red Bull Racing qualificou-se para o Q 3 e pensa agora na corrida onde apostará diferente dos favoritos

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing, waits next to his stricken car
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 with engine smoke and flames in FP3
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing and Simon Rennie, Red Bull Racing Race Engineer
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing stopped on track in FP3
Marshals remove the car of Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, from the circuit after an engine failure

O sábado do GP da China não começou da melhor forma para o australiano Daniel Ricciardo. Embora a Renault tenha aumentado o empuxo nos motores de seus computadores clientes, a situação não foi benéfica para o australiano que viu como sua unidade de potência falhou no terceiro treino livre, duas horas antes da qualificação.

Apesar do pouco tempo para consertar o carro, a Red Bull Racing fez um trabalho magistral para permitir que ele avançasse para o Q3 e, finalmente, se colocar na sexta posição do grid da terceira etapa da temporada 2018 da Fórmula 1.

"Depois do que aconteceu esta manhã, quero felicitar todos os caras da equipe por fazerem esta mudança muito rápidamente, eu não esperava todas essas dificuldades neste dia e terminei a classificação em sexto lugar, se bem que não é uma posição excelente , com tudo o que aconteceu eu posso dizer que estou muito feliz", disse Daniel no final do Q3.

Mas Ricciardo poderá ter uma grande oportunidade nas primeiras voltas da corrida. Ferrari e Mercedes começarão com os pneus macios, enquanto a Red Bull, tendo estabelecido os melhores tempos de volta com pneus ultra-macios, terá uma vantagem no desempenho inicial em comparação com seus rivais diretos.

"Espero ter uma oportunidade no início, porque teremos uma estratégia de pneus diferentes em comparação com Mercedes e Ferrari, à frente de nós no grid, por isso espero que seja uma oportunidade interessante para nós e vamos fazer todo o possível para chegar ao pódio", completou o australiano.

"As primeiras duas ou três voltas serão vitais porque teremos que atacar aqueles que estão à nossa frente e teremos que aproveitar muito bem o pneu ultra-macio".

A Red Bull também aposta em duas paradas nos boxes, enquanto se estima que os pilotos da Ferrari e Mercedes farão uma única parada.

"Na minha opinião, Ferrari e Mercedes farão uma parada, saindo do macio ao médio, temos a oportunidade de fazer dois pit stops usando o ultra macio, passando para o macio e finalizando com médio, espero adotar essa estratégia e espero que isso possa nos ajudar para atacar nossos rivais".

Confira o grid de largada do GP da China

 

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Acompanhe o GP da China de F1 em Tempo Real

Previous article

Acompanhe o GP da China de F1 em Tempo Real

Next article

Pérez diz que sua classificação foi "impressionante"

Pérez diz que sua classificação foi "impressionante"

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da China
Localização Shanghai International Circuit
Pilotos Daniel Ricciardo
Equipes Red Bull Racing
Autor Giacomo Rauli
Tipo de matéria Entrevista