Ricciardo revela situação indefinida dentro da Toro Rosso

Australiano diz não ter perspectivas e espera que solução para a direção técnica da equipe saia antes da Bélgica

Promovido este ano a piloto titular da Toro Rosso, após passar por uma espécie de estágio na HRT ano passado, Daniel Ricciardo revela que sua situação ainda é indefinida para o ano que vem.

“Não estou confirmado para o ano que vem, mas ficaria feliz de permanecer outro ano aqui e me aprimorar. Depois vemos o que acontece”, afirmou à imprensa australiana.

O piloto de 23 anos disse ainda que a situação interna da equipe não anda muito clara. Oficialmente de férias, o diretor técnico Giorgio Ascanelli não esteve presente nas últimas duas provas, na Alemanha e Hungria, e especula-se que o italiano tenha deixado seu lugar na equipe para James Key, que saiu da Sauber no início desta temporada.

“Em Hockenheim, houve algumas discussões porque Giorgio estava fora. Se houver algum problema, será resolvido antes da Bélgica. Talvez isso tenha chegado em boa hora para que todos tirassem uma folga e repensassem algumas coisas. Talvez seja bom e, em Spa, tudo voltará ao normal – ou talvez haja algumas mudanças.”

A Toro Rosso vem tendo uma temporada bastante abaixo da performance do ano passado quando, após 11 etapas disputadas, somava 22 pontos. Em 2012, tem apenas 6, marcados nas duas primeiras corridas.

“Não acreditava que faríamos algo extraordinário neste ano. Não fiquei desapontado porque não esperava. Ainda temos muito a aprender.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias