Ricciardo: “Ter deixado a Red Bull fará bem para Kvyat”

Australiano vê potencial no russo apesar de má fase enfrentada após rebaixamento no programa da Red Bull

Sacado da Toro Rosso após um ano abaixo das expectativas em 2017, Daniil Kvyat não deve competir na temporada de 2018 da Fórmula 1. No pódio duas vezes pela Red Bull, ele foi rebaixado para a Toro Rosso após um acidente no GP da Rússia de 2016 e jamais conseguiu andar bem novamente.

Para seu ex-companheiro de equipe na Red Bull, Daniel Ricciardo, a saída do time dos energéticos pode ter um bom efeito no russo de 23 anos.

"Estou confiante que ter deixado a Red Bull fará bem para ele até", disse Ricciardo.

"Ele é naturalmente muito talentoso, o que eu vi bem quando éramos companheiros de equipe. Muitas vezes ele era muito rápido", acrescentou o australiano.

"Ele ainda é muito jovem e acho que ainda tem a chance de provar a si mesmo na Fórmula 1.”

Outro ex-companheiro de equipe do russo na Toro Rosso também falou sobre suas qualidades.

"Desejo a ele o melhor, pois ele merece estar na Fórmula 1", disse Carlos Sainz, que recentemente mudou-se para a Renault. "Ele sempre fez com que eu desse o meu melhor, então espero que ele tenha uma nova chance”.

O piloto espanhol acrescentou que não sabe se Kvyat poderá estar no grid em 2018.

"Eu vi Daniil uma vez depois de Austin, mas eu não tenho ouvido falar dele desde então", disse. "Eu não sei quais são seus planos".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniil Kvyat
Tipo de artigo Últimas notícias