Ricciardo: “Verstappen é o primeiro parceiro a me desafiar”

Australiano vê desempenho bastante parelho com companheiro de equipe e espera nova disputa acirrada em 2018

Daniel Ricciardo, da Red Bull, afirmou que sente que Max Verstappen é o único companheiro de equipe que já teve na F1 que o desafiou.

A dupla tem dividido a garagem da Red Bull desde que o holandês foi promovido da Toro Rosso, no GP da Espanha de 2016, prova que venceu.

Antes, Ricciardo correu ao lado de Sebastian Vettel, a quem derrotou na tabela de pontuação em 2014, Daniil Kvyat, Jean-Eric Vergne, Narain Karthikeyan e Vitantonio Liuzzi.

 

 

Ricciardo sente que nenhum desses pilotos o pressionou como Verstsappen pressiona.

“Não estou dizendo que tive vida fácil no passado, mas acho que ele é o primeiro piloto que me desafia”, disse Ricciardo ao Motorsport.com.

“No passado, se eu fizesse uma curva de alta com o pé cravado, por exemplo, nunca vi ninguém que conseguia chegar lá da mesma forma.”

“Max, ao menos, chega lá e tenta. Ele consegue igualar as coisas de forma mais fácil do que os outros caras já conseguiram.”

Ricciardo derrotou Verstappen em ambas as campanhas que tiveram juntos na F1.

Mas, em 2017, o holandês teve duas vitórias, contra uma de Ricciardo, além de levar a melhor em qualificação (13 a 7) e nas corridas em que ambos completaram (5 a 2).

Ricciardo sente que, em 2016, “teve clara vantagem se forem generalizadas as corridas que fizeram juntos”. “Ele teve algumas corridas incríveis, mas fui melhor nas classificações e na maioria dos domingos”, disse.

No ano passado, Ricciardo considera que a classificação de Verstappen “melhorou”, mas sente que a comparação de ritmo entre os dois é inconclusiva.

“Se tivemos que dividir as corridas, nós dois tivemos número parecido de boas corridas”, disse. “Seus bons dias provavelmente pareceram melhores porque também não foram bons dias para mim.”

Ricciardo sente que ambos estão “relativamente” parelhos e espera que haja uma briga ainda mais próxima em 2018.

“Eu sei que, se eu cometesse algum pequeno erro no passado, talvez eu ainda assim terminaria à frente na classificação”, comentou.

“Agora, se eu cometer um erro, ele está na frente. É o mesmo se ele não acertar uma volta inteira – aí eu fico na frente. É por isso que eu digo que ele é o melhor companheiro de equipe.”

“Nós dois melhoramos. Não podemos nos dar ao luxo de errar, porque aí seríamos superados.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo , Max Verstappen
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias