Ricciardo: “Vettel matou seus pneus vindo atrás de mim”

Em terceiro lugar na Malásia, australiano enaltece melhor resultado do ano para equipe Red Bull

Saindo de terceiro no grid após a desistência de Kimi Raikkonen antes mesmo da volta de apresentação, Daniel Ricciardo fez uma prova burocrática para chegar na mesma posição que partiu e completar o pódio do GP da Malásia.

Ele, porém, foi superado por Valtteri Bottas no início da prova. No entanto, com o mau ritmo do finlandês, Ricciardo se livrou da Mercedes e passou a controlar a vantagem que tinha para Sebastian Vettel. O alemão bem que tentou chegar em Ricciardo, mas não conseguiu devido ao desgaste de seus pneus.

“Parabéns ao Max (Verstappen)”, disse.

“Foi um fim de semana forte, acho que é o nosso primeiro pódio duplo do ano, e acredito que é um bom resultado.”

“O plano era manter Vettel atrás, meu engenheiro me dizia que ele estava chegando em mim. Teve um momento que eu até pedi para ele parar de falar. Eu não estava querendo falar muito no rádio.”

“Vi Seb ainda chegar e me defendi. Fechei a porta um pouco atrasado em direção à tangência, não sei se ele ficou bravo com isso, mas não pareceu excessivamente agressivo da minha parte. Depois disso, eu esperava que ele atacasse até o fim. Eu esperava que ele continuasse vindo para cima, mas acho que ele matou os pneus tentando chegar perto de mim.”

“Com Bottas, eu escolhi a parte de dentro, e ele acabou sendo mais rápido indo por fora. Tentei algumas vezes e ele se defendeu muito bem. Depois consegui passar e abrir, fazendo bons tempos.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pista Sepang International Circuit
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias