Ricciardo: "Webber mostrou para os australianos que tínhamos chance"

Em despedida do compatriota, novo recruta da Red Bull relembra estreia de Mark: "Foi o mesmo que um 5º na Marussia"

Prestes a ocupar a vaga na Red Bull que é de seu compatriota desde 2007, Daniel Ricciardo revelou que Mark Webber foi inspirador para sua carreira. Ouvido pelo TotalRace no paddock em Interlagos, o australiano relembrou o impacto que a estreia de Webber, no GP da Austrália de 2002, causou em jovens promessas como ele que, na época, tinha 12 anos. Ano que vem, será o companheiro de Sebastian Vettel no time tetracampeão mundial.

“Quando ele fez sua primeira corrida, em Melbourne, eu fiquei muito empolgado em ver o que ele estava fazendo.Parece loucura hoje pensar que ele foi quinto com a Minardi. É como se a Marussia chegasse do top 5 ou algo do tipo”, comparou.

“Foi um grande resultado que fez nós, australianos, acreditarmos que poderíamos ir para a Europa e ganhar nosso espaço. É a maior coisa que eles nos deu.”

Ricciardo também destacou que Webber, que foi morar na Europa ainda na adolescência em busca de uma chance na carreira, nunca esqueceu de sua terra.

“Mesmo depois de tantos anos vivendo na Europa, ele ainda mantém o sotaque, o jeitão australiano. Ele não deixou o esporte mudá-lo muito e é legal ver isso.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias