Ritmo de Ricciardo faz Red Bull sonhar com desafio à Mercedes

compartilhar
comentários
Ritmo de Ricciardo faz Red Bull sonhar com desafio à Mercedes
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
9 de abr de 2016 13:35

Para Christian Horner, australiano andou forte com a pista limpa no Bahrein e atualizações esperadas para a oitava corrida da temporada podem fazer Red Bull se aproximar de Ferrari e Mercedes

O forte ritmo de Daniel Ricciardo na parte final do GP do Bahrein no último fim de semana deixou a Red Bull convencida de que pode lançar um desafio contra Mercedes e Ferrari por vitórias neste ano na Fórmula 1.

Embora as esperanças de um bom resultado de Ricciardo fossem interrompidas pelos danos na asa dianteira após um toque precoce com Valtteri Bottas, uma análise detalhada dos tempos do australiano com a pista limpa significou um impulso para as esperanças da Red Bull.

Após a última rodada de pit stops em Sakhir, e uma vez que os tempos tinham se estabelecido, Ricciardo foi capaz de igualar o ritmo do vencedor da corrida, Nico Rosberg, antes de a diferença cair quando a Mercedes levou seu carro para os boxes.

Esse dado promissor, aliada à evolução de motor e chassi que está programada para o Grande Prêmio do Canadá, deixou o chefe da equipe, Christian Horner, otimista sobre o que está por vir.

"Particularmente na segunda metade da corrida no Bahrein, uma vez que tivemos pista livre, se você olhar comparativamente o último stint do Ricciardo em comparação com os caras da frente que não estavam em cruzeiro, parece bastante decente, bastante respeitável", disse ao Motorsport.com.

"Perdemos um pouco de tempo no trânsito no início da corrida, e isso compromete ligeiramente sua estratégia. Mas acho que o chassi está com uma boa performance, e o motor tem realizado progressos".

"Nós temos um outro grande teste nos próximos dois circuitos, obviamente com a reta mais longa do calendário na China e Rússia, o que é bastante sensível".

"Então, se pudermos mitigar os danos nestas próximas duas corridas, então espero que logo depois tenhamos um pouco mais de energia."

Terceiro melhor carro

Horner acredita que Austrália e Bahrein mostraram que a Red Bull tem o terceiro carro mais forte até agora - e ele calcula que Mercedes e Ferrari não estão fora do alcance.

"Estamos desesperados para conseguir um pouco mais de ritmo, e continuar com o grupo à frente de nós", disse ele.

"Estamos esperançosos em atualizações razoáveis, em torno da sétima ou oitava corrida, na unidade de potência, de modo que só vai nos ajudar a chegar mais perto".

"Estamos determinados a tentar nos desgarrar da parte de trás do grid. Obviamente, estamos trabalhando a todo vapor no chassi, mas há coisas boas acontecendo em Viry (fábrica da equipe) no momento também."

Next article
Massa recorre a Galvão Bueno em brincadeira com Felipinho

Previous article

Massa recorre a Galvão Bueno em brincadeira com Felipinho

Next article

Williams volta a ter lucro com "ressurgimento" na F1

Williams volta a ter lucro com "ressurgimento" na F1
Load comments