Rivais evitam condenar tática da Ferrari em Austin

compartilhar
comentários
Rivais evitam condenar tática da Ferrari em Austin
Por: Julianne Cerasoli
19 de nov de 2012 11:40

Chefes de Red Bull e McLaren entendem que equipe italiana concentra forças em Alonso, mas veem estratégia "dura" com Massa

Os chefes de Red Bull e McLaren não condenaram a atitude da Ferrari provocar uma punição para Felipe Massa a fim de melhorar a posição de largada de Fernando Alonso no GP dos Estados Unidos. Ao abrir o lacre do carro do brasileiro, a equipe fez com que seu piloto largasse em 11º e Alonso, em sétimo, do lado limpo do grid.

“Estava nas regras e foi uma ação tática”, definiu Christian Horner, da Red Bull. “Eles obviamente tomaram a decisão para deixar Fernando do lado direito do grid e isso funcionou bem para eles. Estava dentro das regras e, mesmo que tenha sido duro para Felipe, sua prioridade é Fernando.”

Perguntado se a Red Bull pensou em fazer o mesmo com Webber para que o espanhol fosse novamente relegado ao lado sujo do grid, Horner foi irônico. “Daí outros fariam e, antes que você percebesse Fernando largaria na primeira fila. Nunca consideramos isso.”

O chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, destacou que a tática da Ferrari tem a ver com a maneira como o time italiano gere a disputa entre seus pilotos – e com a forma de trabalhar do próprio Alonso.

“As equipes e chefes podem decidir como eles lidam com seus programas. Foi duro, mas foi muito claro que eles estão focados em Fernando. Funcionou, funcionou para Fernando e não podemos esquecer que ele esteve conosco e, por não fazermos esse tipo de coisa, ele nos deixou”, lembrou o dirigente, referindo-se à disputa pelo título de 2007, que ficou com o ferrarista Kimi Raikkonen.

“Não estou criticando ninguém. Acho que corremos da maneira como achamos certo”, prosseguiu Whitmarsh. “Acho que o pior foi colocar vários carros no lado lento do grid. Isso não nos impactou – estávamos do lado lento e ficamos lá. Se tivesse me classificado do lado direito e me colocassem do outro, ficaria muito irritado.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Vote no Destaque TotalRace do GP dos Estados Unidos

Previous article

Vote no Destaque TotalRace do GP dos Estados Unidos

Next article

Chefe da Red Bull quer passar calma para Vettel na decisão

Chefe da Red Bull quer passar calma para Vettel na decisão
Load comments