Ron Dennis não aprova estilo de vida de Hamilton

De acordo com o chefe da McLaren, inglês não teria mesmo comportamento de hoje, caso estivesse ainda na equipe

Lewis Hamilton tem o passado ligado à McLaren, fazendo parte da equipe também em categorias de base, antes de chegar à F1 em 2007. No ano seguinte ele conquistou seu primeiro título e permaneceu na equipe até o fim de 2012, quando se juntou à Mercedes.

Em entrevista ao jornal britânico, The Guardian, Ron Dennis, chefe da McLaren, falou sobre como seria o comportamento do tricampeão caso ainda estivesse lá no time britânico.

"Ele não estaria se comportando da maneira que está, porque não seria permitido."

O estilo de vida de Hamilton tem recheado os jornais e sites desde sua chegada ao time alemão. No GP Brasil deste ano, ele chegou a São Paulo com um dia de atraso, devido a um acidente automobilístico em Mônaco.

"Olho para ele com sentimentos distintos", acrescentou Dennis. "Foi uma experiência interessante para todos e não era completamente harmoniosa. Eu não aprovo tudo o que ele diz ou faz."

"Os grandes atletas são grandes, por causa também dos sacrifícios que têm que fazer. Às vezes, sacrifícios acontecem nos anos de formação da infância."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes , McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags ron dennis