Rosberg admite ser preciso "pequeno milagre" para ser campeão

Piloto alemão aceita a ideia de que é muito difícil reverter atual quadro da temporada, mas que não vai desistir da disputa

O alemão Nico Rosberg viu seu motor estourar nas últimas voltas do GP da Itália e logo em seguida observou de longe seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, ganhar mais uma corrida do atual campeonato.

"Depois da falha mecânica do meu carro e da vitória de Lewis, certamente preciso de um pequeno milagre se quiser ganhar o título mundial", disse o piloto da Mercedes em coluna publicada nesta terça-feira pelo jornal "Bild". 

O resultado foi tão desastroso para Rosberg que após a etapa de Monza, mesmo que vença todas as sete provas que restam, não significa que o alemão possa levar seu primeiro título mundial de Fórmula 1.

Bastaria a Hamilton chegar em segundo em seis delas e se dar ao luxo de um terceiro lugar, que mesmo assim o britânico comemoria mais um título.

No entanto, a promessa é de não desistir:

"A palavra 'rendição' não está em meu vocabulário. Ainda acredito que posso ser campeão. Enquanto for possível matematicamente, vou acreditar."

Novo embate entre os pilotos da Mercedes está marcado para Cingapura, no dia 20 de setembro.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Nico Rosberg
Tipo de artigo Entrevista
Tags hamilton, mercedes, rosberg