Rosberg aproveita mais um sábado ruim de Hamilton e é pole

Inglês viu a traseira de sua Mercedes em chamas ainda no início do treino; Massa larga em sexto lugar

Em mais um sábado de azar para Lewis Hamilton, Nico Rosberg aproveitou e marcou a pole do GP da Hungria. Sebastian Vettel chegou a ameaça-lo mas, no final, ficou a quase meio segundo da Mercedes. Valtteri Bottas comprovou a grande fase e foi o terceiro. Felipe Massa larga em sexto.
Depois de liderar todas as sessões de treinos livres, Hamilton viu sua Mercedes pegar fogo ainda no início do treino e larga em penúltimo. Kimi Raikkonen também ficou no Q1, em um treino que contou com chuva e bandeira vermelha.

Com o problema, Hamilton teve de trocar o chassi e vai largar do pitlane, assim como Kevin Magnussen, que bateu na parte final do treino.

Q1

O treino classificatório começou com mais um capítulo na série de classificações desastrosas de Lewis Hamilton. Desta vez, foi o motor da Mercedes do inglês que o deixou na mão, ficando em chamas mesmo antes do piloto fazer sua primeira volta rápida. Com isso, foi fim de treino para o vice-líder do mundial, que liderara todos os treinos livres.

[publicidade]Nico Rosberg, por sua vez, buscava se garantir na segunda parte do treino sem usar os pneus macios, e fez o melhor tempo, seguido pelas duas Red Bull, com Ricciardo à frente, e Bottas. Massa só fez o décimo tempo em sua primeira saída. Mesmo assim, o brasileiro não foi obrigado a retornar à pista para se garantir, pois, além de Hamilton, Maldonado também ficou pelo caminho.

Apostando o mesmo com Kimi Raikkonen, que não fez uma boa primeira volta, a Ferrari se deu mal. Já com o cronômetro zerado, Jules Bianchi conseguiu desbancar o finlandês e ir para o Q2. Assim, Kimi larga em 17º, seguido por Kobayashi, Chilton, Ericsson, Hamilton e Maldonado.

Q2

Na segunda parte da classificação, Rosberg fez o melhor tempo do final de semana, deixando Vettel a pouco menos de três décimos de distância. Ricciardo, as Williams, McLaren, Toro Rosso e Alonso também se colocaram entre os 10 primeiros.

Massa, que ficou a meio segundo de Bottas na primeira tentativa, foi o primeiro do top 10 a voltar à pista para a segunda tentativa. O brasileiro melhorou sua marca e ficou a menos de três décimos do companheiro.

Nos instantes finais, Kvyat, que brigava por uma das últimas vagas no Q3, rodou e ficou com a 11ª colocação, sendo superado por Hulkenberg. O russo abrirá a sexta fila, seguido por Sutil, Perez, Gutierrez Grosjean e Bianchi.

Q3

Entre a segunda e a terceira partes da classificação, começou a garoar em Hungaroring e os pilotos fizeram uma fila indiana para aproveitar a pista mais seca, com Rosberg liderando.

A chuva apertou antes que os pilotos pudessem completar suas voltas e Magnussen acabou encontrando o muro de maneira forte logo na primeira curva, trazendo a bandeira vermelha ao treino com 10 minutos para o final.

Com a temperatura de pista de 46ºC, a garoa acabou não molhando a pista e os pilotos voltaram com pneus de pista seca quando a sessão foi reiniciada. Bottas fez o melhor tempo, mas foi superado com folga por Vettel e Rosberg.

Algumas equipes optaram por fazer duas tentativas nos 10 minutos restantes, enquanto Red Bull e Mercedes escolheram colocar mais combustível em seus carros e fazer mais voltas com o mesmo jogo de pneus.

No final, Vettel chegou a roubar a pole provisória de Rosberg, mas o alemão respondeu e colocou 486 milésimos no tetracampeão, com Bottas em terceiro. Ricciardo ficou com a quarta colocação, seguido por Alonso, Massa, Button, Hulkenberg e Magnussen.

O GP da Hungria começa às 9h pelo horário de Brasília. Acompanhe a corrida no nosso twitter, @totalracebr.

Confira o grid:

1.  Nico Rosberg  Mercedes  1m22.715s
2.  Sebastian Vettel  Red Bull-Renault  1m23.201s  +0.486s
3.  Valtteri Bottas  Williams-Mercedes  1m23.354s  +0.639s
4.  Daniel Ricciardo  Red Bull-Renault  1m23.391s  +0.676s
5.  Fernando Alonso  Ferrari  1m23.909s  +1.194s
6.  Felipe Massa  Williams-Mercedes  1m24.223s  +1.508s
7.  Jenson Button  McLaren-Mercedes  1m24.294s  +1.579s
8.  Jean-Eric Vergne  Toro Rosso-Renault  1m24.720s  +2.005s
9.  Nico Hulkenberg  Force India-Mercedes  1m24.775s  +2.060s
10.  Kevin Magnussen  McLaren-Mercedes*

Q2
11.  Daniil Kvyat  Toro Rosso-Renault  1m24.706s
12.  Adrian Sutil  Sauber-Ferrari  1m25.136s
13.  Sergio Perez  Force India-Mercedes  1m25.211s
14.  Esteban Gutierrez  Sauber-Ferrari  1m25.260s
15.  Romain Grosjean  Lotus-Renault  1m25.337s
16.  Jules Bianchi  Marussia-Ferrari  1m27.419s

Q1
17.  Kimi Raikkonen  Ferrari  1m26.792s
18.  Kamui Kobayashi  Caterham-Renault  1m27.139s
19.  Max Chilton  Marussia-Ferrari  1m27.819s
20.  Marcus Ericsson  Caterham-Renault  1m28.643s
21.  Lewis Hamilton  Mercedes*
22.  Pastor Maldonado  Lotus-Renault

*Largará no pitlane
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias