Rosberg aproveita mais um sábado ruim de Hamilton e é pole

compartilhar
comentários
Rosberg aproveita mais um sábado ruim de Hamilton e é pole
Por: Julianne Cerasoli
26 de jul de 2014 10:29

Inglês viu a traseira de sua Mercedes em chamas ainda no início do treino; Massa larga em sexto lugar

Em mais um sábado de azar para Lewis Hamilton, Nico Rosberg aproveitou e marcou a pole do GP da Hungria. Sebastian Vettel chegou a ameaça-lo mas, no final, ficou a quase meio segundo da Mercedes. Valtteri Bottas comprovou a grande fase e foi o terceiro. Felipe Massa larga em sexto.
Depois de liderar todas as sessões de treinos livres, Hamilton viu sua Mercedes pegar fogo ainda no início do treino e larga em penúltimo. Kimi Raikkonen também ficou no Q1, em um treino que contou com chuva e bandeira vermelha.

Com o problema, Hamilton teve de trocar o chassi e vai largar do pitlane, assim como Kevin Magnussen, que bateu na parte final do treino.

Q1

O treino classificatório começou com mais um capítulo na série de classificações desastrosas de Lewis Hamilton. Desta vez, foi o motor da Mercedes do inglês que o deixou na mão, ficando em chamas mesmo antes do piloto fazer sua primeira volta rápida. Com isso, foi fim de treino para o vice-líder do mundial, que liderara todos os treinos livres.

[publicidade]Nico Rosberg, por sua vez, buscava se garantir na segunda parte do treino sem usar os pneus macios, e fez o melhor tempo, seguido pelas duas Red Bull, com Ricciardo à frente, e Bottas. Massa só fez o décimo tempo em sua primeira saída. Mesmo assim, o brasileiro não foi obrigado a retornar à pista para se garantir, pois, além de Hamilton, Maldonado também ficou pelo caminho.

Apostando o mesmo com Kimi Raikkonen, que não fez uma boa primeira volta, a Ferrari se deu mal. Já com o cronômetro zerado, Jules Bianchi conseguiu desbancar o finlandês e ir para o Q2. Assim, Kimi larga em 17º, seguido por Kobayashi, Chilton, Ericsson, Hamilton e Maldonado.

Q2

Na segunda parte da classificação, Rosberg fez o melhor tempo do final de semana, deixando Vettel a pouco menos de três décimos de distância. Ricciardo, as Williams, McLaren, Toro Rosso e Alonso também se colocaram entre os 10 primeiros.

Massa, que ficou a meio segundo de Bottas na primeira tentativa, foi o primeiro do top 10 a voltar à pista para a segunda tentativa. O brasileiro melhorou sua marca e ficou a menos de três décimos do companheiro.

Nos instantes finais, Kvyat, que brigava por uma das últimas vagas no Q3, rodou e ficou com a 11ª colocação, sendo superado por Hulkenberg. O russo abrirá a sexta fila, seguido por Sutil, Perez, Gutierrez Grosjean e Bianchi.

Q3

Entre a segunda e a terceira partes da classificação, começou a garoar em Hungaroring e os pilotos fizeram uma fila indiana para aproveitar a pista mais seca, com Rosberg liderando.

A chuva apertou antes que os pilotos pudessem completar suas voltas e Magnussen acabou encontrando o muro de maneira forte logo na primeira curva, trazendo a bandeira vermelha ao treino com 10 minutos para o final.

Com a temperatura de pista de 46ºC, a garoa acabou não molhando a pista e os pilotos voltaram com pneus de pista seca quando a sessão foi reiniciada. Bottas fez o melhor tempo, mas foi superado com folga por Vettel e Rosberg.

Algumas equipes optaram por fazer duas tentativas nos 10 minutos restantes, enquanto Red Bull e Mercedes escolheram colocar mais combustível em seus carros e fazer mais voltas com o mesmo jogo de pneus.

No final, Vettel chegou a roubar a pole provisória de Rosberg, mas o alemão respondeu e colocou 486 milésimos no tetracampeão, com Bottas em terceiro. Ricciardo ficou com a quarta colocação, seguido por Alonso, Massa, Button, Hulkenberg e Magnussen.

O GP da Hungria começa às 9h pelo horário de Brasília. Acompanhe a corrida no nosso twitter, @totalracebr.

Confira o grid:

1.  Nico Rosberg  Mercedes  1m22.715s
2.  Sebastian Vettel  Red Bull-Renault  1m23.201s  +0.486s
3.  Valtteri Bottas  Williams-Mercedes  1m23.354s  +0.639s
4.  Daniel Ricciardo  Red Bull-Renault  1m23.391s  +0.676s
5.  Fernando Alonso  Ferrari  1m23.909s  +1.194s
6.  Felipe Massa  Williams-Mercedes  1m24.223s  +1.508s
7.  Jenson Button  McLaren-Mercedes  1m24.294s  +1.579s
8.  Jean-Eric Vergne  Toro Rosso-Renault  1m24.720s  +2.005s
9.  Nico Hulkenberg  Force India-Mercedes  1m24.775s  +2.060s
10.  Kevin Magnussen  McLaren-Mercedes*

Q2
11.  Daniil Kvyat  Toro Rosso-Renault  1m24.706s
12.  Adrian Sutil  Sauber-Ferrari  1m25.136s
13.  Sergio Perez  Force India-Mercedes  1m25.211s
14.  Esteban Gutierrez  Sauber-Ferrari  1m25.260s
15.  Romain Grosjean  Lotus-Renault  1m25.337s
16.  Jules Bianchi  Marussia-Ferrari  1m27.419s

Q1
17.  Kimi Raikkonen  Ferrari  1m26.792s
18.  Kamui Kobayashi  Caterham-Renault  1m27.139s
19.  Max Chilton  Marussia-Ferrari  1m27.819s
20.  Marcus Ericsson  Caterham-Renault  1m28.643s
21.  Lewis Hamilton  Mercedes*
22.  Pastor Maldonado  Lotus-Renault

*Largará no pitlane
Próxima Fórmula 1 matéria
Hamilton fica na frente no último treino antes da classificação

Previous article

Hamilton fica na frente no último treino antes da classificação

Next article

Preso no tráfego, Massa crê que poderia fazer mais que 6º posto

Preso no tráfego, Massa crê que poderia fazer mais que 6º posto
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias