Rosberg celebra: Kubica tem “megacontrato” com a Williams

Alemão, que passou a atuar como empresário do polonês, diz que protegido não saiu totalmente na pior de suas negociações com a Williams

Nico Rosberg, um dos empresários de Robert Kubica em sua tentativa de retornar à F1, afirmou que o desfecho da novela envolvendo as negociações com a Williams não foi dos piores, pois seu piloto saiu com um “megacontrato”.

Kubica tentava retornar ao grid e competir na F1 pela primeira vez desde 2010, já que sofreu um grave acidente de rali que causou danos em seus membros direitos.

O polonês chegou a ser considerado o favorito à vaga, mas, no fim, acabou superado por Sergey Sirotkin, que foi anunciado como parceiro de Lance Stroll.

Kubica, porém, não saiu de mãos vazias, já que ele próprio fechou acordo de piloto reserva e desenvolvimento com a Williams. Isso significa que ele testará na pré-temporada e em treinos de sexta-feira de GPs.

Para Rosberg, o resultado foi positivo para seu piloto. “Robert conseguirá acumular muita quilometragem”, disse o campeão da F1 de 2016 à revista alemã Auto Motor und Sport.

“Para ele, é um megacontrato. Definitivamente, é um passo na direção correta.”

A Williams não confirmou quando Kubica fará sua primeira aparição em 2018. A pré-temporada da F1 terá início no dia 26 de fevereiro, em Barcelona. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Nico Rosberg , Robert Kubica
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias