Rosberg critica manobra de Hamilton na última volta: “Estou muito incomodado”

“Vamos sentar com a equipe, eu e Lewis, e discutir sobre tudo e ver o que podemos aprender”, prometeu o alemão

Nico Rosberg sai da Hungria com uma considerável desvantagem psicológica. O piloto da Mercedes, largando da pole, acabou chegando atrás de Hamilton que saiu dos pits após ver seu carro pegar fogo ontem. Após a corrida, falando ao TotalRace, o piloto da Mercedes se mostrou incomodado.

“A estratégia não foi a melhor coisa, as coisas estavam contra mim hoje. Não estou criticando, mas obviamente isso atrapalhou no fim”, explicou.

[publicidade]“Foi uma corrida muito difícil, algumas coisas aconteceram contra mim, mas não critico. É normal não dar tudo certo. Não consegui fazer dar certo hoje, eu e a equipe. Vamos tentar dar o melhor na próxima. Temos ainda a liderança do campeonato, o que é importante. É hora de repensar tudo e atacar na próxima corrida.”

Questionado se acreditava que Lewis havia o atrapalhando não lhe dando a posição durante o terceiro stint, Nico desconversou. “Temos que discutir isso internamente. Não faz diferença e nem sentido para mim falar disso agora.”

“Não quero falar disso diretamente e o que aconteceria se fosse diferente. É melhor discutir isso internamente na equipe, é uma situação diferente e espero que todos entendam. Vamos sentar com a equipe, eu e Lewis, e discutir sobre tudo e ver o que podemos aprender. É uma grande oportunidade que temos neste ano. Vamos nos manter concentrados.”

“No momento estou muito incomodado, porque aconteceu aquilo na última volta. Mas vou dar um tempo e vai estar tudo bem para as férias.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias