Rosberg discorda de abordagem da Pirelli para temporada 2018

Campeão mundial de F1 em 2016, Nico Rosberg não se mostrou contente com a abordagem da Pirelli para a próxima temporada da categoria.

A partir deste ano, a fornecedora da pneus da F1 contará com uma gama maior de compostos disponíveis. Ao todo, serão sete tipos de pneus para pista seca, incluindo os novos hipermacios e superduros (além de ultramacios, supermacios, macios, médios e duros, já presentes em 2017), sendo que cada um terá uma identificação diferente de cor.

Para Rosberg, a abordagem adotada não é a correta para a categoria. “Acredito que um número maior de cores de pneus seja a abordagem errada”, disse à emissora alemã RTL, para a qual atuará como comentarista em 2018.

“Ninguém liga para tais detalhes. A cada corrida, as equipes deveriam ter um pneu macio, médio e duro, e marcá-los sempre da mesma forma. O número de compostos não importa para a audiência”, completou.

Para a primeira corrida, no entanto, nenhum dos novos pneus fará sua a estreia: na Austrália, as equipes terão à disposição os compostos macios, supermacios e ultramacios.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias