Rosberg domina e garante a pole em Suzuka; Massa sai em 4º

Alemão bateu o rival Lewis Hamilton desde o Q2 e assegurou a pole position para a prova deste domingo

Rosberg dominou o treino de classificação e sairá em 1º
Regularidade premia, ainda mais em uma etapa como Suzuka. Sem erros durante o final de semana, ao contrário de Lewis Hamilton, que bateu no terceiro treino livre, Nico Rosberg assegurou a pole position para o Grande Prêmio do Japão. Neste sábado, o vice-líder da temporada fez 1min32s506 e garantiu a primeira posição no grid para a corrida deste domingo.
 
[publiciadade] Primeiro classificado no Mundial de Pilotos, Lewis Hamilton sairá na segunda posição, com um tempo 0s197 acima ao do companheiro de Mercedes. Valtteri Bottas e o brasileiro Felipe Massa, da Williams, sairão logo na segunda fila em Suzuka.
 
Q1
 
Os carros partiram cedo para marcar voltas rápidas no circuito de Suzuka. Depois de bater no terceiro treino livre, Lewis Hamilton venceu a batalha contra o companheiro Nico Rosberg na primeira parte do Q1. O britânico cravou 1min33s611 e assumiu a ponta pouco antes do cronômetro marcar 10min para o final.
 
Quem (surpreendentemente) mostrou dificuldades durante a primeira etapa da qualificação foi Sergio Perez. O mexicano da Force India, depois de um grande resultado em Cingapura, figurou no corte do Q1 ao figurar com a 18ª marca da sessão.
 
Para evitar o vexame de ser eliminado logo na primeira etapa, o mexicano utilizou pneus médios para cravar uma volta rápida superior ao limite imposto dos 16 carros. E deu certo: Perez fez 1min35s439 e subiu para a décima posição, longe da zona de corte.
 
Três equipes acabaram eliminadas na primeira parte do treino. Além das ‘tradicionais’ Marussia e Caterham, a Lotus figurou com os dois carros fora durante o Q1. Romain Grosjean e Pastor Maldonado, ultrapassado já com o cronômetro zerado por Adrian Sutil, da Sauber, acabaram ficando pelo caminho.
 
Q2
 
A briga pela ponta se manteve entre os dois carros da Mercedes. Entretanto, na segunda parte do treinamento, Nico Rosberg respondeu. Os dois foram os primeiros a baixar a casa dos 1min33s, mas o alemão cravou uma volta mais rápida em relação ao britânico.
 
Logo na primeira parte do Q2, Rosberg fez 1min32s901 e assumiu a liderança do treino de classificação. Hamilton, logo na sequência, falhou ao tentar superar o companheiro de Mercedes e principal concorrente na disputa pelo título mundial deste ano.
 
Enquanto as Mercedes sobravam, a Red Bull, vice-líder nos construtores, penavam. Os dois carros (Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo) permaneceram durante a maior parte da sessão fora do grupo dos dez primeiros, os quais disputariam a pole position.
 
Somente na parte final, com pneus médios, os carros da RBR evitaram o vexame de caírem ainda no Q2. Tanto Vettel quanto Ricciardo entraram no grupo dos dez primeiros; o alemão passou somente na décima posição.
 
Q3
 
A batalha pela ponta se manteve entre os dois pilotos da Mercedes. Primeiro a baixar a casa de 1min33s, Nico Rosberg melhorou ainda mais o tempo na parte decisiva do classificatório. O alemão fez 1min32s629 e colocou mais de 0s3 em relação a Lewis Hamilton.
 
O domínio da Mercedes ficou ainda mais evidente em comparação aos carros da Red Bull. Durante a maior parte do treino, a dupla Vettel/Ricciardo ficaram mais de 2s acima dos líderes do campeonato. Somente na parte final, o alemão e o australiano derrubaram a diferença para pouco mais de 1s.
 
Quem fez companhia às Mercedes foram as Williams. Valtteri Bottas e Felipe Massa finalizaram a prática na terceira e quarta posições e sairão na segunda fila. Melhor para o finlandês, que colocou 0s5 em relação ao brasileiro no treino deste sábado.

Após a classificação, foram confirmadas punições de 10 posições a Jean-Eric Vergne e Pastor Maldonado pelo uso da sexta unidade de uma das seis peças que compõem a unidade de potência. Assim, o francês larga em 20º, enquanto o venezuelano será o último no grid. Como Maldonado se classificou em 17º, contudo, e só pôde pagar cinco posições nesta corrida, chegará na próxima etapa, na Rússia, já sabendo que perderá as cinco restantes em Sochi.

Confira o grid de largada para o GP do Japão:

1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1min32s506
2. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) - 1min32s703
3. Valtteri Bottas (FIN/Williams) - 1min33s128
4. Felipe Massa (BRA/Williams) - 1min33s527
5. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1min33s740
6. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - 1min34s075
7. Kevin Magnussen (DIN/McLaren) - 1min34s242
8. Jenson Button (GBR/McLaren) - 1min34s317
9. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 1min34s432
10. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1min34s548
 
11. Sergio Perez (MEX/Force India) - 1min35s089
12. Daniil Kyvat (RUS/Toro Rosso) - 1min35s092
13. Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - 1min35s099
14. Adrian Sutil (ALE/Sauber) - 1min35smin364
15. Esteban Gutierrez (MEX/Sauber) - 1min35min681
 
16. Romain Grosjean (FRA/Lotus) - 1min36s984
17. Marcus Ericsson (SUE/Caterham) - 1min36s813
18. Jules Bianchi (FRA/Marussia) - 1min36s943
19. Kamui Kobayashi (JAP/Caterham) - 1min37s015
20. Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso) - 1min34min984 - PUNIDO
21. Max Chilton (GBR/Marussia) - 1min37s481
22. Pastor Maldonado (VEN/Lotus) - 1min35s917 - PUNIDO
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias