Rosberg erra, mas bate Hamilton e é pole do GP de Mônaco

Saída de pista de Nico impediu que Lewis melhorasse seu tempo; barbeiragem de novato deixa Massa em 16º

Mesmo escapando na última volta rápida, Nico Rosberg venceu a batalha com Lewis Hamilton e fez a pole no GP de Mônaco. Daniel Ricciardo voltou a superar Sebastian Vettel e larga em terceiro. Após barbeiragem do estreante Marcus Ericsson, que perdeu o carro e bateu em Felipe Massa quando o piloto da Williams abria passagem para sua Caterham, o brasileiro teve de abandonar o treino e larga em 16º.

Q1

Tradicionalmente complicada devido ao tráfego, a primeira parte da classificação foi movimentada, com várias voltas rápidas. As Mercedes logo tomaram a dianteira, pouco menos de meio segundo mais rápidas que as Red Bull, com Rosberg à frente. Romain Grosjean, com os pneus supermacios, se colocou entre Ricciardo e Vettel, com o australiano sendo mais rápido e Alonso logo atrás.

[publicidade]Quem teve sorte foi Daniil Kvyat, que perdeu o carro na freada da Chicane Nova, mas apenas raspou o muro com o bico. As Force India pegaram tráfego e ficaram na zona dos pilotos que ficariam de fora do treino e Kimi Raikkonen também tinha um tempo ruim.

Porém, os três se recuperaram ao voltar para a pista e quem surpreendeu foi Jean-Eric Vergne, que fez o melhor tempo, com supermacios. Alonso (quarto) e Raikkonen (sétimo) também melhoraram, assim como Button, quinto.

Ficaram de fora do treino, além de Bianchi, Chilton, Kobayashi e Ericsson, ambas as Sauber. Além de ter sido o último colocado no grid, o estreante sueco Ericsson perdeu o carro na Mirabeau e acertou Felipe Massa, que abrira para a Caterham passar. Assim, apesar de ter sido o décimo colocado na primeira sessão, o brasileiro não pôde continuar no treino.

Q2

Com todos usando os pneus supermacios, Rosberg voltou a andar na frente de Hamilton, por menos de meio décimo, com Ricciardo em terceiro, Vettel (com problemas no Kers) em quarto e as Ferrari brigando pelo quinto lugar, com Alonso fracionalmente à frente. Fora do top, após as primeiras voltas rápidas, estavam as Lotus, Bottas, Perez e o “pole” do Q1, Vergne.

No final, o pega foi bom para ver quem ficava com as três últimas vagas no Q3, com Mercedes, Red Bull, Ferrari e Magnussen garantidos. Assim como o piloto da McLaren, outro estreante em Mônaco, Kvyat, foi bem e fez o sétimo melhor tempo, com seu companheiro Vergne logo atrás. E Perez acabou tirando o outro Force India, Hulkenberg, do top 10. Button também ficou de fora, em 12º, junto de Bottas, Grosjean, Maldonado e Massa. Na frente, Hamilton fez uma segunda tentativa melhor e roubou a ponta de Rosberg, com Vettel em terceiro e Alonso em quarto.

Q3

Nas primeiras tentativas da decisão da pole, Rosberg voltou a ficar na frente, 59 milésimos mais rápido que Hamilton. Pouco menos de quatro décimos mais lento, Ricciardo foi o terceiro, seguido de Vettel, Alonso, Raikkonen, Vergne, Magnusssen, Perez e Kvyat.

A pista parecia mais lenta nas segundas tentativas e poucos conseguiram melhorar. Em sua última volta de classificação, Rosberg passou reto na freada da Mirabeau. Hamilton, que vinha alguns segundos atrás, teve de tirar o pé com a bandeira amarela causada pelo companheiro e acabou abortando sua última volta, dando a pole ao companheiro, com Ricciardo em terceiro. Vettel, Alonso, Raikkonen, Vergne, Magnussen, Kvyat e Perez.

A largada para o GP de Mônaco será às 9h do domingo.

Grid do GP de Mônaco:

1) Nico Rosberg (Mercedes), 1min15s989
2) Lewis Hamilton (Mercedes), 1min16s048
3) Daniel Ricciardo (Red Bull), 1min16s384
4) Sebastian Vettel (Red Bull), 1min16s547
5) Fernando Alonso (Ferrari), 1min16s686
6) Kimi Raikkonen (Ferrari), 1min17s389
7) Jean-Eric Vergne (Toro Rosso), 1min17s540
8) Kevin Magnussen (McLaren), 1min17s555
9) Daniil Kvyat (Toro Rosso), 1min18s090
10) Sergio Pérez (Force India), 1min18s327
11) Nico Hulkenberg (Force India), 1min17s846
12) Jenson Button (McLaren), 1min17s988
13) Valtteri Bottas (Williams), 1min18s082
14) Romain Grosjean (Lotus), 1min18s196
15) Pastor Maldonado (Lotus), 1min18s356
16) Felipe Massa (Williams), sem tempo
17) Esteban Gutierrez (Sauber), 1min18s741
18) Adrian Sutil (Sauber), 1min18s745
19) Jules Bianchi (Marussia), 1min19s332
20) Max Chilton (Marussia), 1min19s929
21) Kamui Kobayashi (Caterham), 1min20s133
22) Marcus Ericsson (Caterham), 1min21s732
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias