Rosberg não acredita em jogo de equipe da Mercedes este ano na Malásia

No ano passado, ele precisou maneirar no final, a pedido do time, para não passar Hamilton

Envolvido em uma polêmica com o companheiro Lewis Hamilton em Sepang no ano passado, o atual líder do campeonato Nico Rosberg diz que está na Malásia para lutar com todos, inclusive com seu companheiro.

“Estou aqui para lutar, inclusive com meu companheiro, o que é importante até para o público”, disse o alemão aos jornalistas, quando questionado sobre ordem de equipe. “Claro que existem situações em que temos de respeitar o que diz a equipe. Temos um contrato, onde está tudo definido”, acrescentou.

Em 2013, Rosberg vinha na quarta posição e mais rápido que o inglês, mas Ross Brawn, então chefe de equipe da Mercedes, negou que as posições invertidas. Este ano, é bem possível que a dupla da Mercedes lute diretamente pela vitória. Rosberg, no entanto, é cauteloso em relação às outras equipes.

“Não está claro quais serão os nossos rivais. No fim de semana passado todos tiveram problemas e na classificação também, com a chuva, então temos de saber ainda quem serão os nossos rivais de fato. Espero que possamos fazer um fim de semana fantástico outra vez, pois temos um carro fantástico. Gosto do circuito aqui, mas claro que, caso chova, o que costuma acontecer aqui, será difícil”, analisou o piloto que venceu com facilidade o GP da Austrália, depois que Lewis Hamilton teve um problema mecânico.

A falha no carro do companheiro deixou Rosberg preocupado. “Preocupa um pouco, porque o carro está totalmente novo, é muito diferente do não passado, então estamos trabalhando muito para resolver tudo”, definiu.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Lewis Hamilton , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias