Rosberg não acredita que Mercedes resolveu seus problemas de ritmo

Mesmo após pole e vitória dominantes na China, alemão acredita que a história pode ser diferente no GP do Bahrein

Rosberg venceu a primeira de sua carreira na China

Nico Rosberg pode ter obtido a pole position com meio segundo de vantagem para a concorrência, e vencido o GP da China mais de 20s à frente do segundo colocado, Jenson Button. Mas ainda assim, dadas as performances ruins das duas primeiras etapas, quando não marcou um ponto sequer, não se mostra muito confiante para o GP do Bahrein.

“Claro que não estamos onde queríamos em termos de ritmo de corrida. Tive uma grande prova na China, mas isso não significa que vai ser assim todo final de semana. Ainda precisamos trabalhar duro e continuar progredindo.”

O alemão ao menos acredita que a Mercedes agora está mais forte do que nas etapas iniciais do campeonato.

“O Bahrein poderia ser uma história diferente. Precisamos esperar para ver. É difícil prever. Nem conseguir prever o que aconteceria no domingo na China, então vamos enfrentar o que vier, mas certamente estou ansioso porque agora parece que estamos muito mais fortes.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias