Rosberg não teme virar um novo Heidfeld: "Minha hora vai chegar"

Ao contrário do compatriota, que disputou 183 GPs e nunca venceu, alemão da Mercedes acredita estar no caminho certo

Rosberg tem 107 largadas na F-1

A cada GP que passa, Nico Rosberg se aproxima da marca negativa do compatriota Nick Heidfeld de número de GPs antes de ganhar uma única prova. O alemão disputou 183 GPs na F-1 e nunca subiu ao lugar mais alto do pódio, sendo superado apenas pelo italiano Andrea de Cesaris, com 208 largadas.

Rosberg tem 107 e afirma que não teme que sua carreira tome o mesmo rumo.

“Medo? Não, porque deveria ter medo? Acho que Nick teve uma boa carreira. Não estou sentado aqui pensando que acabou. Estou aqui totalmente convencido de que vou continuar fazendo um bom trabalho e me desenvolvendo. E então vemos o que acontece”, disse ao jornal Kolner Express.

Aos 26 anos, Rosberg caminha para sua sétima temporada. O ex-piloto da Williams foi para a Mercedes no início de 2010, mas seu melhor resultado segue sendo o segundo lugar do GP de Cingapura de 2008.

Perguntado se inveja pilotos como Sebastian Vettel, mais novos e com muitas vitórias na carreira, Rosberg afirmou que “nem um pouco. Isso não tem nada a ver comigo. Não me comparo a ele e estou satisfeito com minha situação. Estou convencido de que minha hora vai chegar.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias