Rosberg nega que Mercedes tenha tirado vantagem de teste

Nico defende que equipe alemã "não tenha o que justificar" sobre prática de três dias no circuito da Catalunha

Mercedes lidera corrida em Mônaco

O agora chamado “Testgate” já está começando a dar o que falar no meio da F-1. E é só começo, já que vamos ter um longo fim de semana no Canadá. Quem se pronunciou foi Nico Rosberg, um dos pilotos da Mercedes, que teria feito um teste de pneus por três dias no circuito da Catalunha para a Pirelli no último mês.

“Foi um teste para a Pirelli. Eles ditavam o que fazíamos”, defendeu Nico em entrevista a TV inglesa Sky Sports.

“Não temos o que dizer – Eles [Pirelli] dizem que você vai fazer isso, isso, isso e isso, e os  engenheiros lá têm de dar prosseguimento a nosso programa. Não aprendemos ou decidimos nada do que fizemos”, definiu o alemão.

Mesmo com todo o clima de uma possível punição, Rosberg diz que a equipe das flechas de prata não está preocupada.“Equipe está cuidando disso. Estou totalmente focado no que estou fazendo. Isso não tem nenhum impacto em mim.”

“Não notei nada diferente na preparação. Sei que a equipe está trabalhando juntamente a isso para acabar com este caso rapidamente”, finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias