Rosberg prevê reação da Mercedes a partir do GP da Bélgica

Atual campeão mundial se mostra surpreso com trabalho da Ferrari, mas acredita que equipe italiana “dificilmente terá uma chance” na próxima prova

Campeão mundial de F1 na temporada de 2016, Nico Rosberg acredita que sua antiga equipe, a Mercedes, deverá levar vantagem sobre a Ferrari quando as ações do campeonato forem retomadas, no fim do mês.

O alemão elogiou o trabalho feito pela Ferrari até então, mas reconhece que, com o passar da campanha, a Mercedes deverá se distanciar. “A Ferrari fez um ótimo trabalho no inverno [europeu], mas, de agora em diante, é uma corrida de desenvolvimento. E acho difícil de acreditar que a Ferrari consiga acompanhar”, disse, em entrevista à revista alemã Auto Bild.

Por mais que a Ferrari tenha mostrado força com a dobradinha no GP da Hungria, Rosberg acredita que a Mercedes ditará o ritmo na prova da Bélgica, a próxima do calendário. “Depois de Silverstone, já havia pensado que estava tudo acabado, mas fiquei surpreso ao ver a Ferrari reagindo na Hungria. Mas Spa será mais uma vez uma pista verdadeiramente da Mercedes, e a Ferrari dificilmente terá uma chance”, completou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Mercedes , Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias