Rosberg reage no momento certo e rouba pole de Hamilton

Vice-líder coloca pressão no piloto inglês; Felipe Massa larga em quarto lugar no GP dos Estados Unidos

Na base da virada, Nico Rosberg acelerou no momento certo para conquistar a pole position do GP dos Estados Unidos. O alemão foi mais lento que o companheiro e rival pelo título, Lewis Hamilton, em todas as sessões, mas mudou o jogo na classificação. Valtteri Bottas foi o terceiro e Felipe Massa, o quarto, comprovando o bom final de semana para a Williams.

Q1

[publicidade] Depois de liderar as três sessões de treinos livres, Hamilton começou a primeira parte da classificação na frente, com Bottas se colocando entre as Mercedes e Massa em quarto (tendo saído diretamente com pneus macios, ao contrário dos rivais). Mas logo o alemão, que teve problemas no freio no último treino livre, tomou a ponta.

Mesmo sabendo que teria que largar dos boxes devido à punição pela troca de toda a unidade de potência, Vettel participou do Q1 – e com pneus macios. O alemão fechou o treino em uma melancólica 17ª e penúltima posição. É a primeira eliminação no Q1 para Vettel desde o GP do Brasil de 2009.

Com as ausências de Marussia e Caterham, ficaram de fora do restante da classificação os três quatro últimos colocados no Q1. Isso, junto da diferença de tempo entre os compostos, fez com que até Hamilton resolvesse voltar à pista com os macios depois de uma travada arruinar seu jogo de médios. Com isso, o líder do campeonato foi para a ponta, com Massa em segundo e Bottas em terceiro.

No final, Grosjean errou sua última tentativa e ficou com o último lugar, atrás dos também eliminados Vettel, Gutierrez e Vergne. Perez, por outro lado, sobreviveu no treino por 50 milésimos.

Q2

Indo diretamente para os pneus macios, Rosberg tomou a ponta, mesmo reclamando que o carro estava saindo de dianteira, enquanto Hamilton se queixava que os pneus estavam vibrando. Alonso e as McLaren conseguiram se colocar entre as Mercedes e as Williams após as primeiras tentativas. Na zona da degola, sem surpresas: as duas Force India, Maldonado e Sutil.

A dupla da Williams recuperou o prejuízo na segunda tentativa, novamente com Massa na frente, em terceiro. Rosberg ainda teve tempo de melhorar sua marca, quase abrindo um segundo em seu próprio companheiro. Ricciardo, as Ferrari e as McLaren passaram para a última parte da classificação, assim como Sutil, pela primeira vez na temporada, causando muita vibração na Sauber.

Quem ficou em 11º foi Maldonado, que fez excelente classificação, à frente de Perez, Hulkenberg e Kvyat, que largará em penúltimo depois de perder 10 posições no grid pela troca do motor.

Q3

A última volta de Rosberg no Q2 e os problemas de Hamilton com fritadas de pneu deu emoção para a parte final depois que o inglês tinha dominado todos os treinos antes da classificação. O alemão se manteve na frente na primeira tentativa, mas agora menos de dois décimos mais rápido que Hamilton. Bottas superou Massa, com as McLaren logo atrás.

Rosberg conseguiu ampliar a diferença na segunda tentativa e abriu mais de quatro décimos, fechando a disputa interna na Mercedes: tendo superado Hamilton em 10 oportunidades no ano, sem chance para o inglês empatar o placar.

Bottas também virou o jogo para cima de Massa e se classificou em terceiro, com o brasileiro em quarto e Ricciardo em quinto. Alonso foi o sexto e Button fez o sétimo melhor tempo, mas uma punição pela troca do câmbio o jogará para o 12º posto. Magnussen, Raikkonen e Sutil fecharam o top 10.

Rosberg tentará ao menos diminuir a diferença de Hamilton na corrida que começa às 18h pelo horário de Brasília. O inglês lidera com 17 pontos de vantagem.

Grid de largada

1. Nico Rosberg Alemanha Mercedes-Mercedes 1m 36.067s 
2. Lewis Hamilton Grã-Bretanha Mercedes-Mercedes 1m 36.443s 
3. Valtteri BottasFinlândia Williams-Mercedes 1m 36.906s 
4. Felipe MassaBrasil Williams-Mercedes 1m 37.205s 
Daniel Ricciardo Austrália Red Bull-Renault 1m 37.244s 
Fernando Alonso Espanha Ferrari-Ferrari 1m 37.610s 
Kevin MagnussenDinamarca McLaren-Mercedes 1m 37.706s 
Kimi Raikkonen Finlândia Ferrari-Ferrari 1m 37.804s 
Adrian Sutil Alemanha Sauber-Ferrari 1m 38.810s 
10. Pastor Maldonado Venezuela Lotus-Renault 1m 38.467s 
11. Sergio Perez México Force India-Mercedes 1m 38.554s 
12 Jenson Button Grã-Bretanha McLaren-Mercedes 1m 37.665s* 
13. Nico Hulkenberg Alemanha Force India-Mercedes 1m 38.598s 
14. Jean-Eric Vergne França Toro Rosso-Renault 1m 39.250s 
15. Esteban Gutierrez México Sauber-Ferrari 1m 39.555s 
16. Romain Grosjean França Lotus-Renault 1m 39.679s 
17. Daniil Kvyat Rússia Toro Rosso-Renault 1m 38.699s*
18. Sebastian VettelAlemanhaRed Bull-Renault1m 39.621s*
*punido
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias