Rosberg reage, responde a Hamilton e lidera 3º treino-livre

Alemão, que depende de uma vitória e um terceiro lugar de Hamilton para ser campeão, liderou o trabalho de abertura deste sábado

Rosberg respondeu a Hamilton e liderou o terceiro treino
A última batalha antes da classificação para o Grande Prêmio de Abu Dhabi teve Nico Rosberg como vencedor. Na manhã deste sábado (horário brasileiro), o cravou como melhor volta 1min41s424, superou pela primeira vez no final de semana o companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, e liderou a terceira sessão de treinos-livres realizada no circuito de Yas Marina.
 
[publicidade]Atrás de Hamilton no primeiro dia nos Emirados Árabes – acabou em segundo nas duas sessões -, Rosberg respondeu ao registrar a melhor volta do treino com menos de dez minutos para o final da atividade. O britânico chegou a ameaçar a liderança, entretanto, perdeu tempo no último setor e teve que se contentar com a segunda posição.
 
O brasileiro Felipe Massa, depois de um início de trajetória complicado em Abu Dhabi, terminou na terceira posição, uma à frente do espanhol Fernando Alonso, da Ferrari.
 
Prejudicado na sexta-feira por conta de um problema no motor, que apagou logo no início do segundo treino-livre, Fernando Alonso foi cedo para a pista neste sábado e surpreendeu. Com pneus super-macios desde o começo da prática em Yas Marina, o espanhol liderou boa parte do treino ao cravar 1min42s653.
 
Em um sábado de calor e sol, a Mercedes demorou a levar os dois pilotos à pista, assim como a Williams, do brasileiro Felipe Massa, que registrou 1min43s945 na primeira volta rápida em Yas Marina. A briga pela primeira posição, obviamente, acabou no colo dos dois líderes do campeonato: Lewis Hamilton e Nico Rosberg.
 
Derrotado no primeiro dia pelo rival/companheiro de equipe, o alemão respondeu bem na sessão de abertura deste sábado em Yas Marina. Com pneus macios, Rosberg fez 1min42s635 e superou o ótimo tempo de Alonso, que contou com o adendo de andar desde o início com os ‘super-macios’.
 
O atual vice-líder do Mundial acabou ameaçado somente uma vez durante a prática: quando Felipe Massa registrou a primeira volta com o pneu ‘super-macio’. O brasileiro cravou 1min42s429 e comemorou, mas a empolgação durou pouco, e a Mercedes sentenciou a superioridade em Yas Marina.
 
Restando menos de dez minutos para o fim do treino, Rosberg completou a sua melhor volta no dia com o tempo de 1min41s424 e subiu para a primeira posição de forma inédita no final de semana. Até então dominante, o líder da temporada Lewis Hamilton teve que se contentar com uma marca 0s369 em relação ao parceiro da Mercedes.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias