Rosberg: traria de volta GPs na África do Sul e Las Vegas

Campeão de 2016 brinca e diz que "cogitaria retorno" caso F1 retornasse à "terra dos cassinos" nos Estados Unidos

Em meio a rumores sobre possíveis novas adições ao calendário da F1 para os próximos anos, Nico Rosberg definiu quais as pistas que traria de volta ao Mundial. O campeão de 2016 gostaria de ver novamente provas na África do Sul e em Las Vegas.

A F1 estuda possíveis novas praças para as próximas temporadas, sendo que uma prova em Copenhague, na Dinamarca, está no páreo para integrar a categoria a partir de 2020.

No entanto, Rosberg teria escolhas diferentes. Em sessão de perguntas e respostas com seguidores no Twitter, o alemão disse quais traçados traria de volta à F1.

“Eu traria de volta o GP da África do Sul, em Kyalami. Isso parece legal demais. E Las Vegas. Isso seria o máximo, o mais legal possível... GP de Las Vegas! E decidindo o campeonato por lá, seria bem legal”, comentou.

“Eu adoraria fazer um retorno para essa corrida”, brincou.

O GP da África do Sul já foi disputado em dois circuitos diferentes: East London e Kyalami. A última versão da prova foi realizada em 1993.

Já Las Vegas contou com duas edições, em 82 e 83, em circuito criticado pelos pilotos, montado dentro do estacionamento do cassino Caesars Palace. Foi ali que o pai de Nico, Keke Rosberg, garantiu seu único título mundial.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias