Rosberg vence pela sexta vez seguida em GP da China agitado

Incidentes na primeira volta incendeiam estratégias da corrida em Xangai do segundo lugar para trás em domínio de Rosberg; Massa segura Hamilton e é 6º

O alemão Nico Rosberg quase não teve sustos para garantir sua sexta vitória seguida e terceira do ano neste domingo em Xangai, na China. Em uma prova bastante agitada, Nico perdeu o primeiro lugar na largada para Daniel Ricciardo, mas logo o recuperou quando o australiano da Red Bull teve estourado o pneu traseiro esquerdo supermacio.

Isso trouxe o Safety Car para a pista, e, com pneus macios, Rosberg não teve de parar nos boxes como os outros pilotos que foram ao Q3 e que largaram de supermacios. Sendo assim, Rosberg não teve mais ameaça alguma para garantir sua 17ª vitória na Fórmula 1.

Apesar de ter acertado o companheiro Raikkonen na primeira curva, o que fez os dois carros da Ferrari danificarem suas asas dianteiras, Sebastian Vettel arrancou uma ótima segunda posição depois de uma corrida muito agressiva. Quem se beneficiou dos contatos da primeira curva e do estouro de pneu de Ricciardo foi Daniil Kvyat, que terminou em terceiro.

Depois de ter tido azar na classificação de sábado, Felipe Massa teve uma grande sorte neste domingo. A entrada do Safety Car o fez ir para segundo no início da prova. Ele aproveitou a boa posição de pista para desenvolver bom ritmo e finalizar em uma boa sexta posição, logo à frente de Hamilton - que foi ultrapassado por Ricciardo e Raikkonen e não pôde fazer nada melhor que um sétimo.

Felipe Nasr teve a corrida comprometida logo no início após se tocar com Lewis Hamilton. Ele pouco pôde fazer e terminou em 20º.

Todos os 22 carros completaram a prova.

A corrida

Na largada, Ricciardo assumiu a primeira posição de Rosberg. Na primeira curva, a corrida da Ferrari tomou tons péssimos, com Vettel se assustando com uma manobra de Kvyat por dentro e tocando Kimi Raikkonen. Pior para o finlandês, que perdeu a asa dianteira e teve de ir para os pits. Hamilton acabou se tocando com Nasr na primeira curva também mais atrás e também precisou ir para os boxes.

O top-10 na primeira volta era Ricciardo, Rosberg, Kvyat, Sainz, Perez, Hulkenberg, Massa, Vettel, Button e Bottas.

Rosberg assumiu a ponta de novo na volta três, quando Ricciardo teve estourado o pneu traseiro esquerdo. Isso trouxe o Safety Car à pista. Isso abriu a primeira janela de pits por conta dos pneus supermacios utilizados pelos primeiros colocados. Na volta, Rosberg, que não foi aos pits, liderava a prova à frente de Massa e Alonso. As voltas seguintes viram grandes disputas na pista por conta das diferenças nos pneus.

Vettel voou nas primeiras voltas após ter colocado os pneus supermacios. Ele chegou até o quarto lugar antes de entrar de novo.

Na volta 20 o top-10 era Rosberg, Kvyat, Massa (sem parar), Bottas, Sainz, Ricciardo, Hamilton, Button, Verstappen e Vettel. Após as paradas, a corrida voltou a se incendiar, com muitos pilotos buscando recuperação. Quem estava tranquilo era Rosberg, com 15s à frente do resto. Kvyat, Vettel e Massa vinham atrás.

A leitura da prova era dinâmica, com muitos pit stops e estratégias de pneus diferentes. Após a última parada, Hamilton atacou Bottas e Massa para ficar com o quarto lugar. Na volta 40, o top-10 era Rosberg, Vettel, Kvyat, Massa, Hamilton, Ricciardo, Bottas, Perez, Raikkonen e Button.

O australiano da Red Bull surpreendeu: passou por Hamilton e por Massa para assumir o quarto lugar.

A próxima etapa acontece em Sochi, na Rússia, no dia 1º de maio.

Confira o resultado:

Pos.PilotoEquipeTempo/Dif.
1 GermanyNico Rosberg  GermanyMercedes 1:38:53.891
2 GermanySebastian Vettel  ItalyFerrari +37.776
3 RussiaDaniil Kvyat  AustriaRed Bull Racing +45.936
4 AustraliaDaniel Ricciardo  AustriaRed Bull Racing +52.688
5 FinlandKimi Raikkonen  ItalyFerrari +1:05.872
6 BrazilFelipe Massa  United KingdomWilliams +1:15.511
7 United KingdomLewis Hamilton  GermanyMercedes +1:18.230
8 NetherlandsMax Verstappen  ItalyToro Rosso +1:19.268
9 SpainCarlos Sainz Jr.  ItalyToro Rosso +1:24.127
10 FinlandValtteri Bottas  United KingdomWilliams +1:26.192
11 MexicoSergio Perez  IndiaForce India +1:34.283
12 SpainFernando Alonso  United KingdomMcLaren +1:37.253
13 United KingdomJenson Button  United KingdomMcLaren +1:41.990
14 MexicoEsteban Gutierrez  United StatesHaas F1 Team +1 volta
15 GermanyNico Hulkenberg  IndiaForce India +1 volta
16 SwedenMarcus Ericsson  SwitzerlandSauber +1 volta
17 DenmarkKevin Magnussen  FranceRenault F1 Team +1 volta
18 GermanyPascal Wehrlein  United KingdomManor Racing +1 volta
19 FranceRomain Grosjean  United StatesHaas F1 Team +1 volta
20 BrazilFelipe Nasr  SwitzerlandSauber +1 volta
21 IndonesiaRio Haryanto  United KingdomManor Racing +1 volta
22 United KingdomJolyon Palmer  FranceRenault F1 Team +1 volta
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Sub-evento Domingo
Pista Shanghai International Circuit
Pilotos Nico Rosberg
Tipo de artigo Relato da corrida