Ross Brawn acha 20 corridas por ano limite “razoável”

Dirigente espera que FOM não aumente para mais de 20 número de corridas para a temporada do ano que vem

Com 20 corridas pré-estabelecidas para a temporada que vem por enquanto, as equipes voltam a se preocupar com a gestão de membros. Para o chefe da Mercedes, Ross Brawn, vinte é um número grande de corridas, o gerará muita demanda de empenho para as equipes.

"Vinte corridas é muito difícil para as equipes com o mesmo grupo de pessoas", disse ao jornal britânico The Daily Express. "Eu acho que vamos chegar a uma necessidade que além dela teremos que começar a nos preocupar em variar o pessoal, fazer equipes de rotação."

"Isso fica muito difícil, particularmente com os engenheiros, porque eles estão intimamente ligados com seus pilotos.

"Não é uma coisa fácil, mas com alguns dos técnicos, mecânicos e assim por diante, podemos fazer isso.

Mesmo com as críticas, o dirigente vê em 20 um bom limite para o campeonato economicamente falando.

"Mas 20 corridas é bastante intenso para todos. Mais uma [das 19 desta temporada], seria apenas cinco por cento mais, duas seria um aumento de apenas dez por cento a mais. Mas daí em diante realmente começaria a ficar difícil de gerir, então eu acho que 20 é um limite razoável ".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias