Ross Brawn descarta negociar renovação de Schumacher agora

Dirigente quer esperar momento em que "ficará claro para ele e para nós o que é melhor"; contrato acaba ao final de 2012

O chefe da Mercedes, Ross Brawn

Michael Schumacher pode ter começado bem sua temporada de 2012, a terceira desde seu retorno à F-1 e último ano de seu atual contrato com a Mercedes, mas seu chefe, Ross Brawn, não acredita que ainda seja o momento de conversar sobre uma possível renovação.

Sem descartar a possibilidade de contar com o piloto de 43 anos apara além de 2012, o inglês afirmou que não tem pressa de negociar sua continuidade.

“Tudo está completamente aberto. Ficará claro o que é melhor para ele, o que é melhor para nós, o que é melhor para todos juntos, em determinado ponto da temporada”, afirmou à imprensa alemã. “Mas há um longo caminho até lá.”

Brawn, que trabalhou com Schumacher em seus sete títulos, pela Benetton e pela Ferrari, elogiou a postura do alemão. “Ele é um piloto fantástico e alguém que trabalha pela equipe.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher
Tipo de artigo Últimas notícias