Rubinho vê brasileiros com chances na F1: “espero para c... que sim”

compartilhar
comentários
Rubinho vê brasileiros com chances na F1: “espero para c... que sim”
Por: Gabriel Lima
12 de nov de 2018 13:17

Presente no GP do Brasil, recordista de participações no mundial vê boas possibilidades para Pietro Fittipaldi e Sérgio Sette Câmara após novos acordos

Rubens Barrichello voltou ao paddock do GP do Brasil na edição de 2018 da corrida. Sempre muito bem tratado após ter a carreira mais longeva da história da F1 – com 322 largadas – o piloto posou para fotos com fãs e era cumprimentado por diversos membros do circo da F1.

Recebendo carinho, o piloto falou com exclusividade ao Motosport.com.

Segundo ele, estar no paddock é como estar em casa depois de tanto tempo atuando nas principais equipes do mundo.

“Para mim é uma dádiva voltar”, iniciou.

“Estar neste ambiente, que foi tão meu, sempre foi muito gratificante. O carinho que eu recebi no sábado fazendo o show lá em Porto Alegre com a F1 foi gigante.”

“Então, só de estar aqui não tem como não ficar bastante contente.”

Perguntado se a situação de Sérgio Sette Câmara e Pietro Fittipaldi – contratados como pilotos de desenvolvimento da McLaren e da Haas – inspirava confiança para um dia ambos se tornarem pilotos titulares, Barrichello disse que é difícil saber, mas que a torcida é para ver ambos no grid o mais rápido possível.

“Precisamos saber o tipo de contrato que eles têm, quais são as condições deles, mas espero que sim.”

“Eu espero para caralho que sim.”

Next article
Chefe da Force India defende Ocon: “Não teve espaço”

Previous article

Chefe da Force India defende Ocon: “Não teve espaço”

Next article

Ocon lamenta por Verstappen: “Era corrida para ele vencer”

Ocon lamenta por Verstappen: “Era corrida para ele vencer”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Gabriel Lima