Ecclestone está entre interessados na compra de Interlagos

compartilhar
comentários
Ecclestone está entre interessados na compra de Interlagos
Por: Lawrence Barretto
Traduzido por: Daniel Betting
11 de nov de 2017 11:40

Prefeitura de São Paulo negocia com três interessadas em comprar o circuito de Interlagos, entre eles estaria Bernie Ecclestone

A cidade de São Paulo está discutindo com três partes que estão interessadas em comprar o Autódromo de Interlagos. Acredita-se que os três interessados sejam uma mistura de grupos brasileiros e internacionais, com o ex-chefe da F1, Bernie Ecclestone, entre os interessados em fazer uma oferta.

A pressão sobre os fundos públicos, em meio a um clima econômico incerto no Brasil, levou a uma proposta para levantar dinheiro através da privatização de imóveis, incluindo o circuito, de propriedade da Prefeitura de São Paulo.

O contrato para a venda do circuito incluirá uma cláusula que torne responsabilidade do comprador garantir a corrida da Fórmula a longo prazo.

Interlagos tem um acordo para sediar a F1 até 2020, embora o seu futuro no calendário tenha sido questionado devido ao lento progresso do programa de atualizações do circuito.

"É um processo contínuo. O governo municipal continua trabalhando no circuito” disse Tamas Rohonyi, promotor da corrida, ao Motorsport.

"A fase atual de atualização começou há três anos e se estenderá no próximo ano, com a construção dos novos boxes prevista para serem concluídas antes do GP do próximo ano".

Rohonyi diz ainda que está interessado em prolongar a estadia da F1 em Interlagos e que o acordo está próximo de ser fechado.

"Nós gostaríamos de manter a corrida para além de 2020. Nós temos o interesse, estamos perto de acertar tudo neste ano. Mas depende dos termos do contrato."

Quando perguntado se ele estava preocupado se haveria uma queda no interesse do público após o único brasileiro do grid, Felipe Massa, se aposentar da F1 no final do ano, Rohonyi disse: "Não. O povo brasileiro vem porque eles gostam e amam o automobilismo. Eles adoram a Fórmula 1 e querem ver os grandes pilotos. Querem contar histórias para contar seus netos".

Próxima Fórmula 1 matéria
F1 na época de Senna “era muito chata”, avalia Massa

Previous article

F1 na época de Senna “era muito chata”, avalia Massa

Next article

Membros da Mercedes são assaltados na saída de Interlagos

Membros da Mercedes são assaltados na saída de Interlagos
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias