“Sabia que a Williams teria um carro melhor neste ano”, explica Maldonado

Venezuelano volta a defender ida para a Lotus apesar de problemas enfrentados no começo desta temporada

Após ter comprado o contrato para sair da Williams, Pastor Maldonado voltou a defender sua decisão apesar do mau início de ano com a Lotus. Para ele, o time com base em Enstone é grande em todos os sentidos e melhorar nas corridas é apenas uma questão de encontrar e decifrar os problemas do novo carro.

"Eu decidi ir para a Lotus porque a história tem mostrado que é uma grande equipe", disse Maldonado em entrevista ao jornal espanhol El Confidencial. "Na chegada eu encontrei o que eu queria. É uma grande equipe em todos os sentidos. A atmosfera é ótima, apesar de todos os problemas que tivemos."

"Muita gente acha que o time perdeu o rumo e não é o mesmo que nos anos anteriores. Mas os carros mudaram. Nós experimentamos uma grande transformação tecnológica com as novas regras, e tivemos milhões de problemas, muitos deles insignificantes até mesmo muito bobos. Mas foi muito difícil encontrá-los e com isso nos tomou muito tempo para solucioná-los", acrescentou.

Questionado sobre a Williams e seu desligamento, Maldonado respondeu: "Eu sabia que Williams teria um carro melhor este ano, porque teria sido praticamente impossível ter um carro pior do que no ano passado. Poderia ter sido pior, mas as chances de que seria melhor eram maiores. A equipe mostrou que pode fazer bem, mas é difícil dizer se eles podem vencer corridas novamente."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias