Sacrificaram minha corrida em favor de Alonso, diz Vandoorne

compartilhar
comentários
Sacrificaram minha corrida em favor de Alonso, diz Vandoorne
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
Traduzido por: Daniel Betting
27 de mai de 2018 21:55

Stoffel Vandoorne disse que suas chances de marcar pontos no GP de Mônaco foram deixadas de lado para favorecer seu companheiro de McLaren, Fernando Alonso

Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33
Stoffel Vandoorne, McLaren
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33, leads Charles Leclerc, Sauber C37, and Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33
Race retiree Fernando Alonso, McLaren walks in
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33, maks a pit stop
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14, leads Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33

Stoffel Vandoorne estava fora do top 10 ao iniciar o GP de Mônaco, começando com pneus ultramacios e correndo atrás da Renault de Nico Hulkenberg, que terminou em oitavo, e à frente de Max Verstappen, Charles Leclerc, Brendon Hartley, Marcus Ericsson e Kevin Magnussen.

Os últimos quatro pilotos entraram nos boxes na volta 13 e 17, mas Vandoorne permaneceu na pista, perdendo terreno para Hulkenberg, mas mantendo distância de Max Verstappen.

Vandoorne tinha a opção de entrar nos boxes na volta 20, uma volta depois de Alonso que tinha se mantido no circuito, e que depois de parar voltou à pista com ar limpo, à frente de Vandoorne e Verstappen.

Quando perguntado após a corrida se ele sentiu que seu GP de Mônaco foi sacrificado para maximizar o resultado Alonso, Vandoorne disse: "Eu definitivamente senti. Eu acho que deveríamos ter entrado cinco voltas antes."

"Fernando estava bem na frente e entramos nessa volta, justamente quando o estrago foi feito. Foi decepcionante", disse o piloto belga.

Vandoorne perdeu mais tempo com um atraso no pit stop e voltou à pista atrás de Leclerc, Hartley, Ericsson e Kevin Magnussen.

"Eu não sei o que aconteceu, mas a luz verde não acendia", disse ele sobre o pit stop. "Nós perdemos alguns segundos ali."

O belga terminou na 14ª posição, uma volta atrás do líder, enquanto Alonso abandonou a corrida por causa de uma falha na caixa de câmbio enquanto estava na sétima posição.

Vandoorne disse que foi "muito infeliz" perder os pontos, e lamentou não ter conseguido igualar a estratégia de Hulkenberg de avançar muito com os pneus ultramacios no primeiro estágio da prova.

"Estávamos na mesma estratégia de Nico e deveríamos ter terminado logo atrás ou mesmo na frente dele", reconheceu.

"Perdemos muito tempo na parada e perdemos muitas posições na pista. No final, encontramos um pouco de ritmo com os supermacios, mas Mônaco é Mônaco e sabemos que ultrapassar aqui é muito difícil".

Próxima Fórmula 1 matéria
Nico Rosberg diz que foi difícil levar pai de volta à pista

Previous article

Nico Rosberg diz que foi difícil levar pai de volta à pista

Next article

FIA absolve Ferrari após investigação sobre baterias

FIA absolve Ferrari após investigação sobre baterias
Load comments