Sainz é opção para Red Bull caso Ricciardo saia, diz Horner

Chefe da equipe diz que renovação com australiano é prioridade, mas diz que espanhol segue como garantia

O chefe da Red Bull, Christian Horner, afirmou ser uma prioridade a extensão do contrato de Daniel Ricciardo com sua equipe, mas acrescentou que Carlos Sainz segue como opção para caso o australiano decida sair.

O acordo de Ricciardo com a Red Bull vai até o fim da temporada de 2018. O time já expressou seu desejo em renovar com o piloto até o final 2020, mesmo ano que expira o atual contrato de Max Verstappen.

Sainz se transferiu para a Renault no GP dos Estados Unidos e permanecerá no time francês pelo menos até o fim de 2018. Contudo, seu acordo só foi viável graças a um empréstimo da Red Bull, que poderá convocar o espanhol de volta caso haja a necessidade.

“É por isso que mantemos Carlos Sainz em empréstimo, para termos opções ao nosso redor”, disse Horner à agência Reuters.

“Temos um plano de segurança, mas nosso objetivo número um é manter a dupla que temos atualmente. A próxima decisão que ele [Ricciardo] tomar é muito importante, então é claro que ele precisará de tempo para garantir que tomou a decisão correta para ele.”

“Mas ele sabe que nossa intenção é muito clara, e já discutimos isso com ele: o queremos na equipe. Se isso tiver de esperar por mais seis meses, que seja. Acho que ele irá querer ver como será a performance do motor no próximo ano, o que é compreensível.”

Ricciardo está na Red Bull desde 2014 e já conquistou cinco vitórias: Canadá, Hungria e Bélgica em 2014, Malásia 2016 e Azerbaijão em 2017.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias